Novo golpe usa alerta do iCloud para acessar iPads e iPhones

Por Wagner Wakka | 31 de Julho de 2018 às 20h40
photo_camera Reprodução
TUDO SOBRE

Apple

Alguns usuários de iCloud estão recebendo um e-mail que funciona como um golpe de phishing; ou seja, um recado disfarçado de oficial contendo um link que leva o usuário a instalar um programa malicioso.

A ação é feita da seguinte forma: a pessoa recebe um e-mail de aviso sobre atividade suspeita na sua conta do iCloud. Simulando um alerta da própria Apple, o golpe leva o usuário para site falso de suporte, que avisa que o aparelho foi “bloqueado por atividade ilegal’. Ainda instrui ao usuário para que ligue para um telefone da fabricante a fim de tentar desbloquear o aparelho.

Ao ligar para este número, um funcionário falso da empresa recomenda ao usuário que baixe um app para retirar o problema. Contudo, o programa é um arquivo malicioso que permite a instalação de serviços de gerenciamento no iPhone ou iPad, comprometendo a segurança dos aparelhos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O modo mais simples de evitar cair nesses golpes é manter a calma quando receber um alerta deste tipo e verificar se as informações parecem realmente oficiais da Apple. Embora o golpe ainda seja apenas feito nos Estados Unidos e em usuários de língua inglesa, é possível que chegue a outros países.

O site em questão para o qual os usuários são direcionados é o applesecurityriscks.xyz, que não faz parte do servidor oficial de suporte da Apple. Ou seja, só esta verificação já ajudaria a descobrir que se trata de um golpe.

Embora tal site ainda esteja no ar, mostrando que o golpe ainda está rolando, tanto Safari quanto o Chrome já alertam como um ambiente de risco e notificam o usuário.

Vale lembrar que, caso você receba um e-mail do tipo da Apple, o caminho mais correto é não clicar em nenhum link desta mensagem e buscar um contato oficial no site da empresa.

A fabricante também informa que não bloqueia nenhum aparelho de forma arbitrária por conta de atividade ilegal.

Fonte: CultofMac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.