Apple reformula a App Store no iOS 11 e transforma loja em central de conteúdo

Por Redação | 24 de Agosto de 2017 às 15h24

A Apple lançará o iOS 11 em setembro e uma das mudanças será a reformulação total da App Store, a loja de aplicativos para iPhone. E a primeira amostra indica que a empresa está transformando a loja virtual numa central de conteúdo.

A empresa de Cupertino está com uma equipe de escritores e editores dedicada a criar conteúdo para a nova loja de aplicativos, na esperança de que as pessoas encontrem apps ou descubra os desenvolvedores que elas gostam.

Tela da nova App Store. Fotos: Todd Haselton/CNBC

A nova versão da loja terá pequenos textos sobre aplicativos lançados, entrevistas com desenvolvedores, listas de apps que podem ser populares por um certo período, como volta às aulas, entre outras novidades.

A primeira mudança surge logo que o usuário abre o aplicativo da App Store. Vai aparecer uma tela com um card intitulado Today (Hoje), com uma história. O usuário pode deslizar a tela para encontrar os cards de histórias passadas ou de aplicativos. 

Tela de abertura da nova Apps Store

Um exemplo de aplicação dos cards é a indicação de apps, em uma combinação com Trendings. No caso de uma história que trate de uma luta, a App Store sugere opções para você baixar e assistir ao combate pelo celular.

Tela que indica aplicativos com base em assuntos que estão nos Trendings

A loja de games terá a divisão "Novos Jogos Que Nós Amamos", e apresenta várias listas de jogos. Há uma seção que traz jogos que são fáceis de aprender e viciam rapidamente também (One Tap is Never Enough).

A nova tela da seção de games

Segundo a Apple, esta é a maior atualização da loja de aplicativos desde que foi lançada, em 2008, com apenas cerca de 500 apps. Hoje, existem milhões de aplicativos para o usuário escolher, por isso, a empresa decidiu trabalhar com editores, escritores e curadores para ajudar a destacar os de alta qualidade que poderiam ficar escondidos no meio de tanta coisa.

Agora, é aguardar o mês de setembro para ver como a nova App Store vai ficar na tela do iPhone.

Fonte: CNBC