YouTube Premium chega a 50 milhões de assinantes no mundo inteiro

YouTube Premium chega a 50 milhões de assinantes no mundo inteiro

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 02 de Setembro de 2021 às 17h09
Christian Wiediger /Unsplash

O YouTube ultrapassou o marco de 50 milhões de assinantes nas suas versões Premium e Music nesta quinta-feira (2). O total, que inclui também usuários em período experimental, representa uma conquista para a plataforma, que está há quase seis anos na construção do modelo de monetização por assinatura.

A assinatura YouTube Premium chegou ao Brasil em setembro de 2018 e, até hoje, oferece o pacote completo do serviço de streaming: o usuário tem acesso a uma série de recursos exclusivos no app — entre eles, modo Picture-in-Picture (PiP), reprodução com tela bloqueada e downloads para consumo offline —, fica livre de propagandas em todos os dispositivos e pode aproveitar o amplo catálogo de músicas da plataforma através do YouTube Music.

Vídeos sem anúncios, reprodução em segundo plano e downloads para consumo offline são algumas das vantagens de assinantes YouTube Premium (Imagem: Reprodução/freepik)

Com o tempo, a plataforma evoluiu (e inseriu mais propagandas entre vídeos) e foi ficando mais atrativo se tornar um usuário pagante do YouTube. Atualmente, o pacote custa R$ 20,90 no plano individual, mas as alternativas para a família (R$ 31,90) e estudantil (R$ 12,90) cabem melhor no bolso de quem pretende dividir, ou não tem tanto dinheiro para gastar.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

“As ofertas exclusivas do YouTube Music e Premium estão repercutindo em mercados de música estabelecidos e emergentes. Estamos vendo um crescimento impressionante em países como Coreia do Sul, Índia, Japão e Brasil”, reflete o diretor global de Música para o YouTube, Lyor Cohen. O executivo acredita que o investimento em recursos e benefícios exclusivos também é um grande propulsor para o serviço.

Quem é assinante também pode experimentar recursos ainda em desenvolvimento antes de todo mundo. Recentemente, testes da ferramenta de tradução de comentários e do modo de reprodução em PiP no iOS foram disponibilizados exclusivamente para os pagantes.

Você faz parte desses 50 milhões de usuários? Como foi sua experiência com o YouTube Premium? Deixe suas impressões nos comentários aqui embaixo.

Fonte: YouTube

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.