YouTube anuncia o Reels, seu próprio sistema de “stories”

Por Redação | 01 de Dezembro de 2017 às 11h54
YouTube/Facebook
Tudo sobre

YouTube

O YouTube se rendeu aos stories e está anunciando o Reels, sistema que vai permitir que criadores de conteúdo publiquem vídeos rápidos, diretamente do celular, com até 30 segundos de duração. Eles não aparecerão em meio ao feed de publicações tradicionais, mas sim somente em seus próprios canais.

A ideia, então, é atingir somente aqueles fãs mais engajados, que desejam saber mais sobre seus produtores de conteúdo favoritos. É, também, uma forma de os responsáveis pelas páginas aumentarem o engajamento nos intervalos entre um vídeo e outro, exibindo cenas de bastidores, antecipando o que está por vir ou, simplesmente, registrando momentos interessantes ou especiais.

Com o Reels, Google adiciona função Stories ao YouTube

Apesar de a base ser a mesma de ferramentas como as presentes no Instagram e no Snapchat, o YouTube adicionou alguns diferenciais exclusivos. Ao contrário de suas contrapartes, por exemplo, os “reels” não desaparecem após 24 horas, mas só depois de um tempo determinado pelo criador ou, simplesmente, jamais, caso ele assim deseje.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Além disso, links para vídeos do próprio YouTube também podem ser criados na ferramenta, que também conta com stickers animados e outros recursos para que mais conteúdo possa ser adicionado às imagens, como trilha sonora, clipes adicionais e filtros. Com o tempo, claro, a ideia é evoluir a ferramenta ainda mais, de acordo com a utilização feita pelos criadores e também a recepção dos espectadores.

Uma ideia possível para isso, por exemplo, é a exibição dos “reels” na tela inicial do YouTube. Como já dito, os vídeos não aparecerão em meio ao feed normal de publicações, somente em uma aba separada nos próprios canais. Entretanto, colocá-las na home da plataforma também é uma alternativa para não bagunçar a lista e, ao mesmo tempo, aumentar o alcance das publicações.

Por enquanto, porém, tudo não passa de um grande teste. Alguns criadores de conteúdo selecionados a dedo já têm acesso ao recurso, que deve começar a surgir em breve nos aplicativos do YouTube para celulares e tablets. A plataforma está experimentando o recurso, que ainda não tem data para ser liberado a todos.

Junto com o lançamento, ainda, o YouTube está planejando melhorias no sistema de engajamento com a comunidade. Disponível para canais com mais de 10 mil inscritos, a plataforma que permite a realização de postagens com imagens e textos, por exemplo, ganhará mais destaque em meio ao feed, principalmente da tela principal, além de um novo sistema de notificações para os usuários mais assíduos.

Por meio de seus algoritmos, o YouTube deseja reconhecer o nível de adoração por um criador específico e, de acordo com ele, modificar o comportamento da plataforma. Os mais fanáticos, por exemplo, podem receber notificações a cada postagem, enquanto outros podem vê-las apenas uma vez por dia ou esporadicamente. É uma otimização feita para não importunar quem não gosta disso, mas, ao mesmo tempo, entregar o conteúdo desejado para quem quiser vê-lo assim que for publicado.

Fonte: Variety

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.