YouTube anuncia mudanças para o segundo semestre de 2018

Por Natalie Rosa | 27 de Julho de 2018 às 12h35

O YouTube atualizou nesta sexta-feira (27) as suas prioridades para 2018. As mudanças são resultado de testes constantes feitos pela plataforma de vídeos para aprimorar a experiência do usuário com base em feedbacks.

A ideia da empresa é implantar uma comunicação mais próxima entre o usuário e o serviço de vídeos, novas formas de interação, aplicação de políticas de segurança mais transparentes, entre outras.

Transparência e comunicação

Para fortalecer a comunicação com os criadores de conteúdo, o YouTube conta que a iniciativa de utilizar mais as redes sociais para responder a questionamentos levou a um aumento de 600% no número de tweets em suas contas oficiais (@TeamYouTube, @YTCreators e @YouTube) em comparação ao ano passado. Nos últimos meses, a plataforma ainda conseguiu aumentar o seu alcance em 30%.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O YouTube também destaca o novo dashboard do YouTube Studio, com atualizações e notícias sobre a plataforma, além de informações sobre o desempenho dos vídeos recentes dos criadores de conteúdo.

Também foi lançado um canal próprio do YouTube como forma de melhorar a comunicação com os produtores. O Creator Insider traz atualizações semanais sobre os maiores desafios dos criadores e mostrando os bastidores do lançamento de seus produtos. Há pouco tempo, o YouTube também uniu os canais Escola de Criadores de Conteúdo e o YouTube Creators para se tornarem um só.

Valorizar o sucesso dos criadores de conteúdo

O YouTube apresentou na VidCon 2018 novas medidas para aumentar e fortalecer suas comunidades, além de gerar receita de outra forma além dos anúncios. São elas:

  • Clube dos Canais - Com esta novidade, os usuários pagam um valor recorrente de US$ 4,99 para receberem selos exclusivos, novos emojis, publicações exclusivas e acesso a benefícios personalizados;
  • Produtos oficiais - Em parceria com a Teespring, os criadores de conteúdo podem escolher entre mais de 20 itens para personalizar e vender no canal. Inicialmente, a novidade está disponível apenas nos Estados Unidos;
  • FameBit - A FameBit foi adquirida pela Google em 2016 e, desde então, vem ajudando as marcas a se conectarem com o público.

O YouTube ainda está investindo mais no YouTube Originals para auxiliar na receita dos criadores de conteúdo.

Novas formas de interação

Para facilitar a interação entre os youtubers com os fãs, o YouTube está oferecendo novas formas de comunicação. Na guia Comunidade, por exemplo, mais de 60 milhões de usuários estão interagindo diariamente e criando novos vínculos.

Na opção Estreias, o criador de conteúdo ainda pode explorar as opções de transmissão ao vivo, como o Super Chat, por exemplo.

Políticas de segurança

No início do ano, o YouTube lançou o primeiro Transparency Report, um relatório com dados sobre a empresa atualizados regularmente.

Também foi anunciado o Copyright Match Tool, que ajuda os criadores a encontrarem cópias do seu próprio conteúdo sendo exibidas em outros canais. A iniciativa é um complemento de uma série de ferramentas de direitos autorais fornecidas pela plataforma.

Aprendizado e educação

Por fim, o YouTube vem se mostrando preocupado com a educação, anunciando iniciativas como o YouTube Learning, responsável por oferecer subsídios e promoções a criadores de conteúdo com foco em educação e aprendizado.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.