Wikipedia acusa Apple de "explorar" seu conteúdo sem doar um único centavo

Por Ramon de Souza | 27 de Março de 2018 às 07h04
photo_camera CDN

E aqui vamos nós para mais uma polêmica no mundo da tecnologia. A Wikipedia resolveu colocar a boca do trombone e está acusando a Apple de “explorar” seu conteúdo para fins comerciais sem doar um único centavo à Wikimedia Foundation, empresa responsável por gerenciar essa enciclopédia digital. Quem fez tal pronunciamento controverso foi Lisa Gruwell, diretora de receita da companhia.

A situação é a seguinte: todas as assistentes pessoais atualmente disponíveis no mercado — Siri, Alexa e Google Assistente — utilizam informações retiradas da Wikipedia sempre que um usuário realiza uma consulta educativa, como “Quem foi o presidente dos Estados Unidos em 1973?”. Anualmente, a Google realiza doações à Wikimedia que atingem quase um milhão de dólares. Por outro lado, a Apple e a Amazon não pagam nada ao projeto.

Obviamente, muitos podem argumentar que a Wikipedia é um portal sem fins lucrativos, e isso é um fato. Porém, a partir do momento em que seu conteúdo é usado para fins comerciais, as regras do jogo tendem a mudar, até porque tal método de apresentar os conteúdos cria uma barreira extra entre o instituto e o leitor final, que se torna menos apto a colaborar financeiramente com a enciclopédia.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Exemplo de informação da Wikipedia sendo usada na Siri (Reprodução: BBC)

“O nosso conteúdo está aqui para ser usado. Ele é licenciado livremente e há um motivo para isso. Ao mesmo tempo, ele é como se fosse o meio-ambiente. Ele está aí para ser usado, mas não explorado. Nós precisamos que as pessoas que usem tais conteúdos deem algo em troca”, afirmou Gruwell, em entrevista ao site TechCrunch.

“No caso da Alexa e da Siri, nosso conteúdo é intermediado. A Wikipedia funciona porque as pessoas podem contribuir e editá-la. Além disso, uma vez por ano, nós perguntamos aos internautas se eles podem fazer doações. Quando eles conseguem as informações não através de nós — mas sim por algo como a Siri e a Alexa —, a oportunidade deles contribuírem de volta como um editor é quebrada, e a oportunidade de doar também”.

Embora a Wikipedia alegue que a Maçã não oferece dinheiro ao serviço, a fabricante pelo menos incentiva seus funcionários a fazê-lo; as doações conjuntas dos colaboradores da Apple somaram cerca de US$ 50 mil no ano passado. A Amazon, por outro lado, não oferece colaboração alguma.

Fonte: TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.