Acess Point: para que serve o ponto de acesso Wi-Fi

Por Felipe Freitas | 03 de Julho de 2020 às 11h30
Tudo sobre

TP-Link

Saiba tudo sobre TP-Link

Ver mais

A tecnologia Wi-Fi tem evoluído bastante ao longo dos anos, mas ainda não de uma maneira adequada para todos, principalmente quando se trata de empresas. Um Acess Point (Ponto de Acesso, em português) pode ser uma ferramenta muito útil, quando se está tendo problemas de sinal de rede Wi-Fi. Mas o que é um Acess Point? E como ele pode ajudar com os problemas na cobertura de sinal?

A cobertura de Wi-Fi é um dos principais problemas quando o assunto se trata de lugares grandes com intenso tráfego de dados. Nessa situação, uma das medidas tomas para uma democratização do acesso à internet, dentro de grandes espaços, é o uso de repetidores de sinal de rede. Dependendo da necessidade dos usuários, essa alternativa pode solucionar o problema de sinal.

Entretanto, ainda que o repetidor de sinal, possa amplificar a cobertura de sinal de seu roteador, ele ainda possui limitações quanto ao uso de velocidade da rede e capacidade de usuários simultâneos permitindo o uso de não mais que 20. Nessas situações, é recomendado o uso de um Acess Point, entenda como funciona a tecnologia.

O que é um Acess Point?

Um ponto de acesso é um dispositivo que cria um sinal wireless local para uma Network ou WLAN, normalmente é usado em escritórios, ou grandes prédios. Assim, o ponto de acesso, amplifica a cobertura de sinal de rede quando é conectado através de um fio ligado ao roteador, switch ou hub de internet.

Dessa forma, o Acess Point, pode ser compreendido como um tipo de repetidor Wi-Fi que usa cabos e não pode ser usado como substituto ao roteador, porque apesar de ter um papel importante na transmissão de sinal, este funciona como uma ferramenta auxiliar ao roteador wifi.

Assim, comparado a outros dispositivos no mercado que amplificam o sinal de internet, os pontos de acesso possuem mais velocidade e capacidade de gerenciamento de rede.

Qual a diferença entre repetidores e pontos de acesso?

Qual a principal diferença entre os repetidores e os pontos de acesso? (Foto: Canaltech/ Felipe Freitas) 

O maior desempenho de rede é a principal diferença entre os pontos de acesso e os repetidores de sinal. Apesar de muitas vezes repetidores serem mais baratos e mais simples de serem instalados, a conexão via cabo, garante uma maior velocidade de rede para os pontos de acesso.

Embora um repetidor Wi-Fi possa aumentar a cobertura de sinal, ele ainda teria certas limitações de velocidade e de tolerância em relação a grandes volumes de usuários simultâneos, em média não mais que 20 usuários. No entanto, os pontos de acesso, eliminam os dois problemas, a medida que, a tecnologia consegue manter a velocidade original da rede e, garantir acesso a até 60 dispositivos ao mesmo tempo.

Dessa forma, embora os repetidores sejam ótimos para redes wifi's domésticas, eles ainda não são suficientes para empresas modernas.

Vantagens de usar pontos de acesso

Além da já mencionadas, como o não constrangimento de velocidade de conexão e a capacidade de usuários simultâneos, os Acess Point's, permitem recursos adicionais, nos quesitos de administração de rede e instalação. É possível, limitar o acesso de convidados a rede e, gerenciar com facilidade os usuários conectados ao wifi.

Os pontos de acesso, também podem ser instalados em qualquer lugar em que você possa executar um cabo de rede, não é necessária uma tomada ou linha de energia separada, os modelos mais recentes possuem uma compatibilidade Power over Ethernet ou PoE+ (é uma combinação de cabo de Ethernet + cabo de alimentação), portanto, a alimentação de energia, ocorre pelo próprio roteador.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.