Microsoft quer levar internet a mais de 40 milhões de pessoas em 2022

Por Natalie Rosa | 12 de Outubro de 2019 às 23h00
Divulgação: Microsoft
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

A inicativa Airband, desenvolvida pela Microsoft, está sendo expandida com a meta de conectar mais de 40 milhões de pessoas à internet até julho de 2022.

Lançado em 2017, o programa visa o aprimoramento da internet em regiões rurais dos Estados Unidos, e agora a expansão está descendo até a América Latina, mais precisamente na Colômbia, e indo um pouco mais longe até a África subsaariana, em Gana.

Nos EUA, a Microsoft faz o uso de TVWS, espaços em branco de TV não utilizados e que operam no espectro de 600 MHz para fazer a distribuição de banda larga a três milhões de pessoas.

Fora do país norte-americano, o primeiro passo é firmar parceria com organizações locais para entender as necessidades de cada área, trabalhando ainda ao lado de governos para a remoção de obstáculos regulatórios para a tecnologia. Por fim, pretende também negociar com provedores para a distribuição de internet para os usuários finais.

Crianças beneficiadas pela iniciativa na Colômbia (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Até o momento, os esforços já conectaram duas escolas e cinco fazendas na Colômbia com a tecnologia TVWS, investindo também em ISPs locais para fornecer o acesso a mais de seis milhões de colombianos que vivem em áreas rurais. Já em Gana, o processo vai permitir que um provedor de banda-larga leve seus serviços para cerca de 800 mil pessoas.

Mas a Microsoft não é a única corporação que está focando na expansão da internet a regiões menos desenvolvidas. O Google e a sua iniciativa Next Billion Users está disponibilizando seus serviços para mais pessoas de forma global, enquanto o Facebook vem explorando a distribuição de internet via drones e satélites.

Fonte: The Verge via Microsoft

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.