Google vai instalar 200 pontos de Wi-Fi na Nigéria até 2020

Por Patrícia Gnipper | 26 de Julho de 2018 às 22h45
TUDO SOBRE

Google

No continente africano, apenas 35% dos habitantes têm acesso à web; índice bastante baixo ao se comparar com o restante do mundo, em que 48% da população asiática já está conectada, por exemplo, enquanto que 67% da América Latina tem acesso à internet, 85% na Europa e 95% na América do Norte.

Sendo assim, boa parte da população africana depende de pontos públicos de internet. Portanto, o chamado Google Station for Nigeria conta com uma parceria com a 21st Century (um dos maiores provedores de rede de fibra óptica do país) para instalar os novos hotspots. Até então, a Google já levou pontos públicos de Wi-Fi como parte do projeto para a Índia, Indonésia, Tailândia e México.

Outras novidades

Além disso, a Google também está melhorando o Google Go, seu app que facilita o acesso à internet em aparelhos com pouca memória RAM, ou em conexões instáveis. O aplicativo agora consegue ler páginas da web em voz alta, destacando cada palavra para que o usuário possa acompanhá-las.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O recurso é útil para quando você está no meio de uma pesquisa ou leitura na internet, mas precisa largar o smartphone de lado para usar as mãos em outra atividade. Com a leitura em voz alta, a leitura pode continuar mesmo que o usuário esteja fazendo outra atividade.

A outra novidade é com relação ao Google Maps Go, que ganha um recurso de navegação para que os usuários com smartphones mais básicos, com pouca RAM, ainda assim consigam usar as rotas passo a passo para conferir os melhores trajetos a pé, de carro ou de transporte público. Mais pontos de referência africanos chegam ao app, bem como ao Street View.

Já no YouTube Go, que permite a visualização de vídeos em conexões mais lentas, a novidade que chega é a possibilidade de baixar os vídeos e salvá-los na galeria do celular, podendo ser compartilhados com amigos por meio de mensageiros.

Por fim, o Android Go chega à Nigéria e também para mais 29 países africanos. O sistema é uma versão otimizada do Android para smartphones com 1 GB de RAM ou menos, permitindo que o usuário tenha uma experiência fluida mesmo sem investir muito em um aparelho. A Google, agora, aprimorou os apps pré-instalados do Go, para que eles ocupem 50% menos espaço do aparelho, dobrando a quantidade de armazenamento disponível.

Fonte: Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.