Flickr adia prazo para deletar fotos dos usuários; aprenda a salvar as suas

Por Redação | 07 de Fevereiro de 2019 às 12h23
USA Today

Depois de anunciar que o Flickr passaria a contar com um sistema de assinatura e por isso excluiria fotos de usuários que ultrapassassem o limite de 1000 imagens permitidas para sua versão gratuita, a SmugMug resolveu estender o prazo que encerraria na última terça-feira, 5 de fevereiro.

Se você não conseguiu salvar suas fotos, saiba que agora tem até 12 de março para fazer isso. A justificativa para a mudança de planos pode ter a ver com uma série de problemas relatados por usuários do Flickr ao tentar realizar o download das imagens de seus perfis. Embora não tenha sido específico sobre quais seriam esses problemas, o USA Today reportou questões como downloads sem resposta e lentidão para baixar as fotos.

Vale lembrar que anteriormente o Flickr já havia declarado que nem todas as imagens acima do limite estipulado para contas gratuitas desapareceriam de repente, já que o trabalho inicial se concentraria em contas "abandonadas" que possuem um grande número de fotos privadas. Além disso, fotografias sob licença de Creative Commons também têm mais chances de permanecerem na plataforma, mesmo no caso de contas gratuitas.

Se você não planeja desembolsar US$ 50 por ano (cerca de R$ 185) para ter acesso à versão premium da plataforma, mas também não quer perder suas fotos, a recomendação é que aproveite o prazo extra e faça o download de tudo o que estiver em seu Flickr o quanto antes. Para te ajudar nessa missão, o Canaltech preparou um tutorial que ajuda a salvar suas imagens de forma bem simples.

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.