Fácil e grátis? Veja 5 mitos e verdades sobre hospedagem de sites

Fácil e grátis? Veja 5 mitos e verdades sobre hospedagem de sites

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 22 de Março de 2022 às 13h00
Reprodução/John Schnobrich/Unsplash

A hospedagem é um espaço digital em um servidor que armazena todas as páginas, arquivos e aplicações referentes ao website. Para muitas empresas, a página oficial é sua principal vitrine online. É preciso que o empreendedor entenda conceitos básicos de hospedagem de sites para evitar problemas como queda por excesso de visitas ou ciberataques.

Uma cultura que busque a hospedagem de sites de qualidade converte-se em um ponto forte para a estrutura de internet do país. E nisso o Brasil ainda precisa progredir: uma pesquisa da The Economist e do Facebook do ano passado mostrou o país na 36ª posição no ranking global de inclusão digital. A lista avalia o acesso de uma nação à internet em fatores como disponibilidade, preços, relevância e capacidade de uso (alfabetismo digital) da população.

Robledo Ribeiro, CEO da multinacional de hospedagem de sites HostGator no Brasil, indicou os principais mitos e verdades sobre o tema, principalmente tendo em mente as pequenas empresas.

Um site reforça a autoridade de uma pequena empresa

Verdade. Segundo levantamento da HostGator com mais de 5.000 empresas, mais de 50% delas passaram a investir no meio digital durante a pandemia. Desses, mais de 60% perceberam aumento nas vendas, mais de 60% pretendem aumentar o investimento no formato digital, e apenas 7% planejam diminuir. A presença digital permite às empresas trabalhar diversas estratégias digitais paralelas e atingir uma quantidade muito maior de pessoas.

Quanto mais cara a hospedagem, melhor ela vai ser

Mito. A qualidade da hospedagem depende dos recursos desejados pelo empreendedor. Para descobrir qual a melhor para cada caso, é necessário avaliar as atividades do negócio e público-alvo, entre outras características. Existem hospedagens gratuitas disponíveis, como o Wordpress, Google Sites ou Wix, mas elas são mais recomendadas para testes ou para aprendizados.

Hoje existem diversas plataformas para criar e hospedar sites (Imagem: Pexels)

Só desenvolvedores profissionais criam sites funcionais

Mito. Hoje existem diversas plataformas para criar e hospedar sites, tanto na versão web quanto móvel (para celular), sem necessidade de conhecimento prévio em programação ou design. De maneira simples, elas permitem que a pessoa personalize a página com centenas de temas, um banco de imagens gratuito e um painel de edição “arrasta-e-solta” intuitivo e fácil de usar. As plataformas pagas, por outro lado, são mais adequadas para páginas mais avançadas e que receberão muitos visitantes.

Estude bem o tipo de hospedagem antes de adquirir uma

Verdade. Empresas diferentes devem ter estratégias diferentes. O que funciona para um tipo de negócio pode não funcionar para outro, mesmo que muitos empreendedores iniciantes adotem certos caminhos só porque outras empresas fizeram o mesmo.

Ter um domínio quer dizer ter um site

Mito. O domínio é o endereço de um site na internet, uma parte importante para construir a identidade e a presença na web. Registrá-lo é o primeiro passo para garantir uma presença online. Mas após este passo, a pessoa escolhe onde ficarão armazenados os arquivos do seu site, o banco de dados, as imagens, o serviço de e-mail usado e todas as outras características do projeto. O domínio é como um endereço de logradouro, como “Rua João Augusto, nº 35”, enquanto a hospedagem é o espaço físico em si.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.