Anitta no topo: como funciona a lista top global do Spotify

Anitta no topo: como funciona a lista top global do Spotify

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 25 de Março de 2022 às 11h21
Montagem: Canaltech

A cantora Anitta chegou ao topo da lista de músicas mais tocadas do mundo no Spotify na manhã desta sexta-feira (25). A música Envolver se tornou a mais ouvida das paradas globais ao desbancar artistas que costumam figurar no top 10, como Dua Lipa, Imagine Dragons, Justin Bieber e Ed Sheeran.

A canção de sucesso da pop star brasileira atingiu 6,3 milhões de reproduções. Ela está com 400 mil streams a mais que o segundo colocado, o cantor argentino Paulo Londra, com a música Plan A. Para entender o feito: a média de uma música em primeiro lugar apenas no Top50 Brasil é de 1,5 milhão de plays por dia.

O feito faz de Anitta a primeira artista brasileira a chegar no topo das paradas mundiais do Spotify. O próprio perfil do aplicativo musical deu os parabéns para a carioca de apenas 28 anos, que alcançou o posto de número 1 do mundo com uma música que pouca gente acreditava.

Ao contrário da estratégia das grandes gravadoras, que costumam investir rios de dinheiro para colocar músicas em evidência, Anitta foi bem mais modesta com Envolver. Ela mesmo teria bancado os custos e cuidado de tudo praticamente sozinha.

A música teria viralizado após artistas e famosos terem feitos desafios com a coreografia da canção no TikTok: é preciso ficar na posição de prancha, com os cotovelos ou as mãos apoiados no chão.

Mas você sabe como funciona a lista top global do Spotify? O trajeto de Anitta não foi nada fácil, principalmente se considerar que ela canta em espanhol, idioma com menos falantes do que o inglês pelo mundo.

Como o Spotify calcula o top global

A cada 24 horas o Spotify atualiza o seu relatório diário com informações das faixas mais tocadas no momento em todo o mundo. A listagem tem 50 entradas e pode variar conforme a quantidade de vezes que um cantor e sua música são reproduzidas. Por isso, é normal que alguém que hoje está na décima posição possa saltar para a quinta ou terceira posição de um dia para outro.

Os dados são gerados a partir de uma fórmula que protege a integridade da lista de reproduções. Segundo o Spotify, quando cada usuário toca uma música no player do serviço, o algoritmo computa uma reprodução.

O número de reproduções reflete quantas vezes a música foi tocada por usuários nas últimas 24 horas (Imagem: Captura de tela/Alveni Lisboa/Canaltech)

Não está claro como isso funciona exatamente, mas o serviço tem mecanismos de prevenção a robôs e requisitos próprios para considerar se uma música foi realmente escutada. O objetivo é evitar manipulações que poderiam transformar desconhecidos em celebridades sem o devido merecimento.

O serviço de streaming musical explica que a fórmula aplicada analisa quais canções são elegíveis para as paradas de sucesso. Se uma música tem reproduções "menos qualificadas", ou seja, com comportamento artificial, possivelmente elas não devem figurar em rankings assim.

Existe até uma diferença entre os dados exibidos na playlist Top50 — Mundo e as quantidades mostradas no Spotify for Artists. De qualquer forma, essa discrepância não afeta os royalties pagos aos criadores de conteúdo nem tem impacto na conta de cada um.

Nas redes sociais, as pessoas comemoram o feito de Anitta como se o Brasil tivesse ganhado a Copa do Mundo. E você já está curtindo Envolver no Spotify?

Fonte: Top50 — Mundo, Spotify

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.