Caverna de Son Doong, no Vietnã, é homenageada pelo Google

Caverna de Son Doong, no Vietnã, é homenageada pelo Google

Por Douglas Ciriaco | 14 de Abril de 2022 às 08h40
Reprodução/Google

A caverna de Son Doong, no Vietnã, é a grande homenageada de hoje (14) pelo Google. O espaço, que foi oficialmente descoberto em 14 de abril de 2009, é considerado a maior caverna do planeta e sua formação é estimada entre 2 a 5 milhões de anos atrás.

Son Doong, que em vietnamita significa “Rio da Montanha”, fica localizada nas florestas do Parque Nacional Phong Nha-Ke Bang, considerado um patrimônio mundial pela Unesco, e teve a sua entrada descoberta por acaso em 1990 pelo agricultor Ho Khanh. Em 2008, Khanh refez os seus passos e, junto de dois representantes da Associação Britânica de Pesquisa de Cavernas, iniciou-se ali a pesquisa da caverna.

Maior caverna do mundo

Em 2019, mergulhadores descobriram um túnel subaquático de 158 mil metros cúbicos, uma dimensão imensa que se soma ao já colossal tamanho até então conhecido de Son Doong de 38 milhões de metros cúbicos.

Son Doong, no Vietnã, é a maior caverna do mundo (Imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Para se ter ideia do que isso significa, o Google informa que as câmaras intocadas de Son Doong têm espaço suficiente para abrigar uma quadra inteira de prédios de 40 andares. Mas nem só de câmaras “vazias” vive a caverna: lá também estão as maiores pérolas de calcário e a mais alta estalagmite (depósito rochoso em formato de coluna) do mundo.

Além das formações rochosas e minerais, Son Doong conta com buracos gigantescos que fazem a luz do sol e a água da chuva chegar às profundezas da caverna, alimentando assim todo o ecossistema selvagem do ambiente. Isso permite, por exemplo, que lá habitem animais altamente exóticos, como a única espécie macaco a viver no subterrâneo conhecida até o momento e peixes sem olhos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.