Brasil já soma mais de 200 milhões de acessos em banda larga

Por Redação | 28 de Abril de 2015 às 16h09
photo_camera Divulgação

A banda larga continua sua franca expansão pelo Brasil. De acordo com dados divulgados nesta semana pela Telebrasil (Associação Brasileira de Telecomunicações), apenas em fevereiro de 2015 foram mais de 203 milhões de acessos à internet por meio das mais diferentes modalidades de conexão disponíveis. O total é 44% maior que o registrado no mesmo período do ano passado.

O maior crescimento, como já dá para imaginar, aconteceu no mundo mobile. Foram 178,4 milhões de acessos, divididos entre redes 3G e 4G das mais diferentes operadoras. Aqui, o aumento foi de 50%, com a primeira modalidade concentrando boa parte da utilização. A rede de quarta geração, porém, cresce cada vez mais e, em fevereiro, chegou a 8,4 milhões de acessos e amplo espaço para crescimento na medida em que novos usuários aderem às tecnologias mobile ou trocam seus aparelhos atuais por novos, com suporte à rede mais veloz.

Além disso, a Telebrasil citou uma abrangência maior do 4G como um belo motor para esse crescimento futuro. Hoje, são 147 cidades com suporte à tecnologia e 42% da população brasileira já estando em condições de utilizá-la. Essa expansão continua, assim como a do 3G, que aparece em 3,9 mil cidades, alcançando 93% da população nacional.

Enquanto um aumento explosivo acontece no mundo móvel, as redes fixas continuam crescendo, mas de forma mais modesta. 2,1 milhões de novas conexões foram registradas desde fevereiro do ano passado até o mesmo mês de 2015, um crescimento de 9% que está de acordo com os números registrados anteriormente. Em todo o Brasil, foram 24,5 milhões de conexões contabilizadas ao longo do período.

A Associação destaca também um crescimento cada vez mais rápido na utilização da internet no país. Hoje, são cerca de dois acessos à internet por segundo em todo o país. Se o Brasil levou 23 anos para chegar a 50 milhões deles, foram precisos apenas 20 meses para que esse total dobrasse, e metade disso para que o movimento acontecesse novamente.

O crescimento na oferta de aparelhos celulares e os pacotes de internet integrados a outros serviços devem continuar a motivar esse crescimento rápido. A expectativa é que a expansão das tecnologias de telecomunicação, em breve, permita que toda a população brasileira tenha acesso à internet e, daí, parece ser apenas uma questão de tempo para que o número de conexões se amplie ainda mais.

Fontes: Telebrasil, Convergência Digital

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!