“Atirador de El Paso não postou manifesto”, alega dono do fórum 8chan

Por Rafael Arbulu | 06 de Agosto de 2019 às 14h30
(Imagem: Agência France Presse)

Jim Watkins, dono do fórum anônimo 8chan, publicou um vídeo em seu canal no YouTube, onde afirma que o atirador de El Paso não fez o upload de um manifesto racista na plataforma. Pelas palavras de Watkins, o atirador postou o conteúdo primeiro no Instagram, e outro usuário do fórum foi quem levou a informação para o 8chan.

"Antes de mais nada, o atirador de El Paso publicou [o manifesto] no Instagram, não no 8chan”, disse Watkins. “Depois, outra pessoa fez o upload do manifesto. Entretanto, esse manifesto não foi publicado pelo atirador do Walmart. Eu não sei se ele o escreveu ou não, mas que ele não fez o upload é algo claro”.

Watkins também afirmou, no vídeo, que imediatamente após o manifesto aparecer no 8chan, ele e os gestores do fórum anônimo entraram em colaboração com a polícia e o FBI.

O fórum 8chan vem sendo alvo do escrutínio de diversas entidades após o atentado: a empresa Cloudflare, por exemplo, removeu qualquer capacidade de suporte técnico na manutenção do fórum, que acabou saindo do ar, e ainda se mantém inacessível nesta manhã de 6 de agosto.

O caso do atirador de El Paso, no Texas, ocorreu na manhã do dia 3 de agosto, em uma unidade da cadeia varejista Walmart. Patrick Crusius, de 21 anos, é o suspeito do tiroteio que matou 22 pessoas e feriu outras 24 com tiros de fuzil. A arma, segundo a polícia local, foi comprada legalmente e é registrada.

A polícia também atribui a Crusius a autoria de um manifesto de aproximadamente 2,3 mil palavras, cheio de tiradas racistas. Intitulado “The Inconvenient Truth” (“A Verdade Inconveniente”, na tradução literal), o documento mostra apoio aos atentados da cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, e é proponente da teoria da conspiração chamada de “Grande Substituição” ou “Grande Mudança”, que prega que pessoas de etnia caucasiana (branca) estão “sendo substituídas” por pessoas de outras etnias e nacionalidades, como árabes e africanos. O manifesto foi publicado no fórum 8chan 27 minutos antes do início dos ataques e tem frases como “Hispânicos vão tomar o controle do meu amado Texas”.

Fredrick Brennan, o fundador do 8chan e que se desassociou completamente do site, disse ao New York Times que a plataforma precisa ser desativada. “Não está fazendo nada de bom para o mundo. É algo completamente negativo a todos exceto aos usuários que ainda estão lá. E quer saber? É negativo para eles também. Eles só não se deram conta disso, ainda”.

Fonte: CNET

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.