Após declaração de Kassab, internet vem abaixo contra limite de banda larga

Por Luciana Zaramela | 13 de Janeiro de 2017 às 16h06

Nesta quinta-feira (12), durante entrevista ao Poder 360, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab, provocou a ira de milhares de brasileiros ao afirmar que, no segundo semestre de 2017, o consumo de dados de banda larga sofrerá limitações.

O assunto revoltou não apenas os usuários comuns, como também os hacktivistas de células brasileiras do grupo Anonymous — os mesmos que invadiram e sequestraram PCs da Anatel em julho de 2016, após estourar a primeira parte da polêmica sobre o limite de internet. Sob a operação #OpOperadoras, o grupo ameaçou tomar medidas mais drásticas caso o governo e as operadoras optem pela limitação da franquia contratada.

Enquanto o Anonymous faz sua parte, os usuários também reagiram nas redes sociais e manifestaram as mais variadas formas de reprovação à medida — de sérias a completamente regadas à mais pura zoeira. Confira algumas delas:

As hashtags #NaoAoLimiteDeInternet e #ForaKassab chegaram a ocupar as primeiras posições dos Trending Topics do Twitter. Isso mostra que os internautas brasileiros não toleram, em hipótese alguma, que mexam com seu bem mais precioso. Com zoeira ou sem zoeira, por aqui, caros amigos, a internet não perdoa. Nunca.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!