Publicidade

ChatGPT diminuiu a demanda por trabalho freelancer, diz estudo

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 12 de Junho de 2024 às 09h23

Link copiado!

Viralyft/Unsplash
Viralyft/Unsplash

Um estudo revela que o ChatGPT afetou diretamente o mercado de profissionais freelancers desde o lançamento da ferramenta, em 2022. A demanda por trabalhos nas áreas de redação de textos e programação teve uma queda de 21% após a chegada do chatbot, enquanto o setor de geração de imagens notou um declínio de 17% na demanda por freelas.

As informações estão disponíveis no artigo “Who is AI Replacing? The Impact of Generative AI on Online Freelancing Platforms” (“Quem a IA está substituindo? O impacto da IA generativa em plataformas de freelancing online”, em tradução livre). O conteúdo foi publicado em conjunto por três pesquisadores da Harvard Business School, dos EUA, do Instituto Alemão de Pesquisa Econômica, em Berlim, na Alemanha, e do Imperial College Business School, de Londres, no Reino Unido.

Queda de demanda

Continua após a publicidade

A pesquisa avaliou a oferta de trabalhos autônomos numa plataforma para freelancers (que não teve o nome identificado) entre julho de 2021 e julho de 2023 — vale lembrar que o ChatGPT foi lançado em novembro de 2022. Ao todo, a amostragem de dados incluiu 1,2 milhão de ofertas de vagas espalhadas entre 61 países.

As oportunidades foram divididas entre três categorias principais de trabalho: os que exigem intenso trabalho manual, como preenchimento de planilhas, no qual a atividade humana ainda tem um valor único; trabalhos propensos à automatização, como escrita e programação, mais vulneráveis ao ChatGPT; e trabalhos de geração de imagens, como modelagem 3D e design gráfico, também ameaçados por IA. 

O campo dos trabalhos propensos à automatização foi o mais afetado, com uma queda de 21% da demanda em comparação aos trabalhos que exigem muitas habilidades manuais após a chegada do chatbot — a área de redação é a mais afetada, seguida do desenvolvimento de sites, softwares e apps. A criação de imagens, por sua vez, notou um declínio de 17%.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

O artigo conclui que as ferramentas de IA generativa podem aumentar a concorrência no mercado de freelancers a curto prazo, mas ainda não seria possível traçar um cenário a longo prazo. Além disso, o texto sugere que a IA também vai afetar a tomada de decisões nas empresas, pois os gestores precisariam escolher quais tarefas seriam automatizadas e quais ficariam sob controle dos humanos. 

O avanço das ferramentas de IA generativa cria muita incerteza sobre o mercado de trabalho e isso não afeta apenas os profissionais autônomos: outra pesquisa recente indicou que metade dos brasileiros tem medo de ser substituído por uma IA no emprego nos próximos cinco anos.