Serviço de táxi autônomo da Nissan será testado no Japão a partir do mês que vem

Por Ramon de Souza | 26 de Fevereiro de 2018 às 09h17
Nissan

A Nissan anunciou na última sexta-feira (23) que o Easy Ride, seu serviço de transporte com carros autônomos, começará a ser testado no Japão com usuários reais a partir do dia 5 de março. Por enquanto, os testes serão restritos à cidade de Yokohama, onde está localizada a sede da montadora. Os veículos farão um percurso de aproximadamente 4,5 quilômetros, transportando os clientes entre o escritório da marca e o shopping Yokohoma World Porters.

Projetado em parceria com a DeNa (grupo asiático que opera diversos negócios na área de e-commerce e mobilidade), o Easy Ride conta com uma central de monitoramento que acompanha a trajetória dos táxis inteligentes durante 24 horas por dia, garantindo a segurança do público em geral. Dentro dos carros, os japoneses poderão usar um aplicativo para obter recomendações de pontos de interesse nas redondezas de seu destino.

Além disso, será possível resgatar cupons de desconto para restaurantes e outros estabelecimentos cadastrados como parceiros. Ao final da corrida, os cidadãos precisam responder a um formulário indicando seu grau de satisfação com o serviço e quanto eles estariam dispostos a pagar para utilizar a plataforma quando ela for lançada comercialmente.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Governo japonês apoia

A ideia da Nissan é ter o Easy Ride pronto para uso a tempo dos Jogos Olímpicos de 2020, evento que será realizado em Tóquio. Recentemente, o primeiro-ministro Shinzo Abe deu uma declaração revelando seu desejo de ter uma frota de táxis, ônibus, caminhões e outros veículos autônomos durante as competições esportivas, o que ajudaria sobretudo na locomoção de pessoas idosas.

Para incentivar a inovação nesse segmento, Abe afirmou que o governo japonês está trabalhando em uma regulamentação específica para automóveis inteligentes; os papéis devem ficar prontos até 2019.

Fonte: Nissan

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.