Humanos 2.0 | Aprenda a construir um microscópio caseiro utilizando uma webcam

Por Ares Saturno | 20 de Fevereiro de 2018 às 16h36

Parte importante da cultura biohacker é encontrar formas de baratear o custo de ferramentas de laboratório para aumentar o acesso ao aprendizado das ciências. Em colégios públicos que não dispõem de maquinário para que os jovens explorem as maravilhas da vida, muitas vezes os projetos "faça você mesmo" fazem a diferença e trazem diversão para o ambiente escolar.

Aprenda, então, como montar um microscópio usando a lente de uma webcam, e junte a criançada para observar, em detalhes, o milagre da vida em porções diminutas!

Materiais

Você só vai precisar dos seguintes materiais:

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

  • 1 webcam
  • Madeira ou papelão firme 15cm x 15cm
  • Papel Pluma/Foamboard 20cm x 30cm
  • 1 Parafuso com porca compatível 
  • Silver Tape 
  • Massa adesiva ou Durepóxi
  • Cola quente em bastão 
  • Elásticos de dinheiro

Ferramentas

  • Estilete
  • Tesoura 
  • Chave de fenda pequena 
  • Pistola de cola quente

Conversão da webcam

Pegue uma webcam que esteja funcionando bem, com os drivers devidamente instalados no computador que for usar para gerar as imagens. Qualquer modelo serve ao propósito, mas câmeras que permitem ajuste manual do foco podem gerar imagens de maior qualidade.

Mesmo sem modificações, apontar a lente da webcam para vegetais ou mesmo insetos já traz detalhes que são imperceptíveis a olho nu. Porém, podemos alterar a câmera para produzir um efeito ainda maior de detalhamento das imagens.

(Foto:Reprodução/Hackteria.org)

Desmonte a webcam com cuidado. Alguns modelos podem esconder os parafusos com etiquetas adesivas ou capas de borracha protetora.

Com a câmera aberta, você poderá ver a parte óptica, que às vezes é presa à armação da webcam através de cola. Retire com cuidado para não quebrar nada, libertando a lente.

(Foto:Reprodução/Hackteria.org)

Agora, basta inverter a lente, conforme é mostrado na figura acima. A parte que antes ficava para fora da câmera, ficará apontada para dentro. Como ela não pode ser aparafusada nessa posição, utilize cola quente ou fita silver tape para prender a lente na posição correta.

Depois, deve-se testar para ver se está tudo funcionando perfeitamente. Para isso, conecte a webcam modificada no computador e aponte a câmera para a própria tela no dispositivo, bem próxima. Isso deve resultar numa imagem ampliada em que será possível visualizar os pixels RGB do monitor.

Construindo a Plataforma

É necessário construir uma base firme para que o microscópio tenha estabilidade na hora de ampliar uma imagem.

Em um pedaço de aproximadamente 15 x 15 cm de madeirite ou papelão grosso, utilize a durepóxi para fixar a webcam modificada no centro da placa, conforme a figura a seguir:

(Foto:Reprodução/Hackteria.org)

Com o papel pluma, construa uma parede lateral e marque nela a altura da lente para depois realizar o corte. Use cola quente para fixar essa parede lateral. Com o restante de papel pluma, construa a parte de cima com uma abertura para a lente, conforme a imagem anterior. Fixe tudo com cola quente.

(Foto:Reprodução/Hackteria.org)

Fixe, também com cola quente, a porca do parafuso na posição indicada na imagem acima e encaixe o parafuso até que ele toque a plataforma inferior. Posicione também os elásticos para dar mais firmeza e estabilidade.

Utilizando o microscópio

Agora basta posicionar a criação para materiais a serem observados e curtir sua engenhoca. Caso seja necessário, você pode acoplar uma pequena lâmpada de LED ao microscópio para melhorar a iluminação e conseguir imagens mais detalhadas.

(Foto:Reprodução/Hackteria.org)

A imagem abaixo foi obtida pela biohacker Clarissa Reche em experimento realizado junto a alunos de uma escola pública do estado de São Paulo, e mostra fungos em uma folha:

(Foto: Reprodução/Clarissa Reche)

Agradecimentos aos leitores e biohackers Eduardo Padilha e Clarissa Reche, e também ao site hackteria.org.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.