HP anuncia tecnologia de impressão 3D em metal para produção industrial

Por Carlos Dias Ferreira | 13 de Setembro de 2018 às 17h02
Tudo sobre

HP

A HP aproveitou a última edição da feira IMTS (International Manufacturing Technology Show) para apresentar a HP Metal Jet, uma nova tecnologia para impressão 3D em metal. De acordo com a fabricante, a Metal Jet deve garantir a vários setores da indústria uma produtividade “até 50 vezes maior” em relação a técnicas de impressão análogas, além de garantir “custos significativamente menores”.

Para implementar a tecnologia no mercado de fatores aditivos, a HP efetuou parcerias com a GKN Powder Metallurgy e com a Parmatech, a fim de gerar peças finais que serão utilizadas por empresas como a Volkswagen, a Wilo, a Primo Medical Group e a OKAY Industries.

Adicionalmente, a companhia também anunciou o Metal Jet Production Service, espécie de arquivo para o compartilhamento de projetos de peças, “permitindo que os clientes em todo o mundo repliquem rapidamente novos designs de peças 3D”, a fim de que “produzam grandes volumes (...) e integrem a HP Metal Jet aos seus planos de produção em longo prazo” – conforme consta em release de imprensa.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

De acordo com o CEO da HP, Dion Weisler, trata-se de promover uma nova revolução industrial digital em uma indústria que movimenta US$ 12 trilhões anualmente. “As implicações são enormes – os setores automotivo, industrial e da saúde produzem centenas de milhões de peças de metal todos os anos”, disse Weisler.

De chaveiros a tesouras cirúrgicas

A Metal Jet deve trabalhar inicialmente com aço inoxidável, auxiliando na forja de vários componentes com precisão “ao nível de voxel” – termo utilizado para se referir ao “pixel” dentro de uma estrutura volumétrica. No caso da Volkswagen, a impressora deve criar peças personalizadas como chaveiros individuais e placas de identificação de exterior – embora peças de alto desempenho devam ser incluídas em breve, com a promessa de reduzir o peso de uma variedade de peças metálicas.

“Um único modelo tem entre seis mil a oito mil peças diferentes”, comentou o Chefe de Planejamento e Desenvolvimento Tecnológico da Volks, Martin Goede. “Uma grande vantagem de uma tecnologia aditiva como a HP Metal Jet é que nos permite produzir muitas dessas peças sem necessitar de construir ferramentas de produção.” Goede também aponta que uma redução no tempo necessário para a fabricação das peças também implicará maior velocidade de produção – e consequentes ganhos de escala.

Já a parceria com a Parmatech permitirá, por exemplo, criar diversas ferramentas para profissionais de saúde, incluindo tesouras cirúrgicas, garras endoscópicas e “novas aplicações e geometrias não possíveis com as tecnologias convencionais de fabricação de metal”.

De acordo com a HP, a nova tecnologia de impressão em metal deve ser disponibilizada aos clientes da companhia em algum momento durante o primeiro semestre de 2019, juntamente com a base de dados do Production Service.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.