Cientistas usam flocos de prata para melhorar a eficiência energética de robôs

Por Gustavo Minari | 24 de Março de 2021 às 07h20
envato

Que o metal é um excelente condutor de eletricidade todo mundo já sabe, mas agora os cientistas querem melhorar a condutividade energética dos robôs utilizando pequenos flocos de prata. A ideia é usar o composto em robôs feitos com materiais macios, à base de hidrogel, por exemplo. Esses bots, por conta da própria estrutura maleável, apresentam dificuldade para conduzir eletricidade em seus transistores.

O trabalho vem sendo desenvolvido na universidade Carnegie Mellon, nos EUA. “Quando o material está parcialmente desidratado, os flocos começam a formar conexões que podem ser usadas para fornecer uma carga elétrica. Eles funcionam como uma segunda camada de tecido nervoso sobre a pele", disse o professor Carmel Majidi, um dos responsáveis pela pesquisa.

As aplicações, de acordo com a equipe de pesquisadores, são infinitas. A principal delas está relacionada ao uso da bioeletrônica medicinal. Com o novo material condutor será possível energizar de forma muito mais eficiente equipamentos como sensores cerebrais que dependem de eletricidade para funcionar.

Segundo o professor Carmel, a implantação de um sistema que aumente a eficiência energética de dispositivos robóticos de uso medicinal é fundamental para o desenvolvimento de novas técnicas de abordagem contra doenças musculares e degenerativas que requerem um longo tempo de tratamento.

Fonte: CMU

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.