Google ativa cabo submarino entre Brasil e EUA com capacidade de 64 TB/s

Por Wagner Wakka | 08 de Junho de 2018 às 07h49
Divulgação
Tudo sobre

Google

A Google anunciou nesta quinta-feira (7) a ativação do MONET, o cabo submarino que liga o Brasil aos Estados Unidos. O equipamento tem 10.556 quilômetros de extensão e seis pares de fibra óptica, com capacidade de transmitir até 64 terabytes por segundo. A construção foi feita em parceria entre Google, Algar Telecom, Angola Cables e Antel e liga Boca Raton, na Flórida, à Fortaleza e depois à Praia Grande, no Brasil.

Além do MONET, a Google também informou que mais dois cabos estão em produção. Com 2 mil quilômetros, o TANNAT será complementar ao primeiro e vai ligar Praia Grande à cidade de Maldonado, no Uruguai. Neste caso, o cabo será construído em parceria com a Antel, do Uruguai, e deve fornecer capacidade de transmissão de até 90 terabytes por segundo.

O segundo e menor é o JÚNIOR, cujo objetivo é ligar Praia Grande à cidade do Rio de Janeiro, num total de 390 quilômetros. Também integrado ao MONET, a proposta é que ele tenha oito pares de fibras ópticas para melhorar a velocidade de conexão entre os dois estados mais populosos do Brasil. Este projeto é o único que será totalmente operado pela Google.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

“Uma infraestrutura de rede robusta é essencial para deslanchar o potencial da internet na América Latina, gerando oportunidades de desenvolvimento econômico, social e cultural. Estes três cabos vão ajudar a suprir essa demanda ao ampliar a infraestrutura digital da região, tornando a transmissão de dados mais eficiente, veloz e segura”, disse Fábio Coelho, presidente da Google Brasil, em apresentação durante evento da empresa no país.

O JÚNIOR conta com uma parceria brasileira. A PadTec, de Campinas, oferecerá uma tecnologia de repetidores para garantir a manutenção do sinal entre as duas cidades. Com a parceria, a empresa brasileira se torna a primeira nacional a participar do mercado internacional de cabos submarinos.

A ativação do TANNAT e do JÚNIOR deve acontecer até o final deste ano.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.