Snapdragon 8 Gen 1 Plus pode ter sido adiado para o segundo semestre

Snapdragon 8 Gen 1 Plus pode ter sido adiado para o segundo semestre

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 06 de Maio de 2022 às 09h38
Qualcomm

Novos rumores sugerem que o Snapdragon 8 Gen 1 Plus, suposto modelo revisado do chip premium da Qualcomm para smartphones, foi adiado para a segunda metade de 2022. A principal causa seria o novo surto de covid-19 que a China enfrenta, junto a outros fatores que estão dificultando a produção do componente e gerando incertezas quanto à sua disponibilidade no mercado global.

Snapdragon 8 Gen 1 Plus pode ter sido adiado

As informações chegam como cortesia do leaker Digital Chat Station, que destaca como testes de benchmark do Snapdragon 8 Gen 1 Plus ainda não começaram a vazar, com o adiamento da estreia do chip sendo a causa disso. O atraso, por sua vez, seria resultado de diversos fatores, com o principal deles sendo o novo surto de covid-19 instaurado na China nas últimas semanas.

Os lockdowns bastante restritos e a preocupação com um aumento expressivo nos casos da doença teriam afetado a produção, o que forçou a Qualcomm a reorganizar o cronograma. A situação é similar à da Apple, que teria antecipado a fabricação do iPhone 14 temendo restrições futuras às fábricas, segundo outros rumores.

Com elevado índice de acertos, Digital Chat Station sugere que o suposto Snapdragon 8 Gen 1 Plus foi adiado por problemas decorrentes do novo surto de covid-19 na China (Imagem: Digital Chat Station/Weibo)

Diante disso, o primeiro celular embarcado com a plataforma estrearia no mercado chinês no segundo semestre de 2022 — Digital Chat Station explica que a fabricante do aparelho "tem boa relação com a Qualcomm", ponto que poderia indicar que a empresa é a Motorola. A subsidiária da Lenovo, uma empresa chinesa, foi a primeira a utilizar o Snapdragon 8 Gen 1, e já protagonizava especulações de que estrearia a nova variante do processador.

O ponto mais preocupante sugerido pelo leaker é o da falta de previsão para um amplo lançamento global do chipset, que acabaria afetado pela demanda elevada das companhias e o baixo estoque resultante da produção limitada.

Chip fabricado pela TSMC pode resolver aquecimento

Presente em múltiplos rumores nas últimas semanas, o Snapdragon 8 Gen 1 Plus é muito aguardado por supostamente contornar o aquecimento excessivo que o Snapdragon 8 Gen 1 tradicional apresentou desde seu lançamento. Especialistas e entusiastas apontam a litografia de 4 nm da Samsung, de baixíssimo rendimento e elevado consumo, bem como os novos núcleos quase ineficientes da ARM como principais responsáveis pelos problemas.

A variante Plus resolveria ao menos duas dessas limitações ao passar para as mãos da TSMC, que fabricaria o componente utilizando seu processo N4 de 4 nm, mesmo adotado pelo Dimensity 9000 da MediaTek. Com melhor margem de aquecimento, o novo chipset aumentaria os clocks já bastante altos, entregando assim melhorias modestas de desempenho.

Com possível lançamento na próxima semana, o Motorola Edge 30 Ultra, ou Frontier, pode ser o primeiro smartphone a ser embarcado com o Snapdragon 8 Gen 1 Plus (Imagem: Evan Blass)

O Motorola Edge 30 Ultra, de codinome "Frontier", é cotado para estrear a plataforma, e já teria uma data de anúncio: 10 de maio. Além da versão revisada do processador, o telefone ofereceria tela OLED de 6,67 polegadas com taxa de atualização de 144 Hz, câmera de 194 MP ou 200 MP, bateria de 4.500 mAh com recarga de 125 W, até 12 GB de RAM, até 512 GB de armazenamento e Android 12.

Fonte: Digital Chat StationPhoneArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.