MediaTek anuncia o Helio P65, novo processador de oito núcleos da empresa

Por Rafael Rodrigues da Silva | 27 de Junho de 2019 às 20h00
Tudo sobre

MediaTek

Saiba tudo sobre MediaTek

Ver mais

Nesta semana, a MediaTek anunciou o lançamento de um novo processador voltado para uso em smartphones: o Helio P65. O chip de 12 nm utiliza um novo tipo de arquitetura octa-core, que permite alto-desempenho com menor consumo de energia.

A CPU do processador é composta por dois núcleos Cortex-A75 da ARM e seis do Cortex-A55, e um grande cluster de cache L3 compartilhado. O produto também utiliza uma GPU Mali-G52 da ARM, o que garante um desempenho 25% melhor do que o de outros processadores octa-core da geração anterior da MediaTek.

De acordo com a empresa, o novo processador pretende otimizar não apenas a execução de jogos, mas também a experiência de fotografia dos usuários. Isso porque o novo chipset possui capacidade de operar uma câmera dupla de alta resolução com sensores de até 16 MP + 16 MP, com alta adaptação para fotos panorâmicas e de longa distância com a tecnologia de zoom de imagem nítida. O Helio P65 também pode ser usado em dispositivos móveis com câmeras de 48 MP, ajudando esses sistemas a obter uma melhor qualidade de imagem.

Isso porque o processador já vem equipado com diversos aceleradores de hardware voltados especificamente para fotografias, que inclui: um mecanismo de profundidade de campo para efeitos Bokeh profissionais; um estabilizador eletrônico de imagem (EIS), que permite a captura de movimentos em até 240 fps e tirar fotos panorâmicas sem o efeito Jello (foto tremida); e uma unidade de controle da câmara (CCU), que permite que o aparelho ajuste rapidamente o foco no objeto e se adapte às condições de iluminação locais.

Além das ferramentas de fotografia, o processador também vem equipado com a tecnologia CorePilotl, que permite a execução de recursos como agendamento inteligente, gerenciamento avançado de temperatura e análise do comportamento do usuário — o que proporciona um desempenho mais elevado e consistente ao rodar jogos. O processador também possui uma função integrada de comando por voz, que ajuda a prolongar a vida da bateria, e possui dois canais de áudio distintos — um para comandos de voz, outro para reprodução de mídia e jogos —, que permitem uma maior qualidade de som para cada uma dessas funções.

Por enquanto, a MediaTek ainda não revelou quais marcas já fecharam acordo para a utilização do chip, mas, como o Helio P65 já está em produção, é possível que ele apareça já nos próximos smartphones que serão anunciados a partir de julho.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.