Lucro das fabricantes de placas de vídeo sobe 370% devido a preços inflacionados

Lucro das fabricantes de placas de vídeo sobe 370% devido a preços inflacionados

Por Guilherme Sommadossi | Editado por Jones Oliveira | 14 de Junho de 2021 às 07h00
Divulgação/Nvidia/AMD

Seja da Nvidia ou da AMD, as placas de vídeo (GPUs) tiveram um aumento exponencial de preço desde o começo da pandemia. A paralisação das fábricas em países asiáticos, a falta de semicondutores no mercado e, no caso do Brasil, o aumento do dólar são os principais fatores por tal crescimento.

Um estudo conduzido pela Jon Peddie Research destacou que os lotes de placas gráficas Add-In Board (AIB) aumentaram 24,4% com relação ao ano anterior, gerando cerca de US$ 12,5 bilhões no primeiro trimestre, um aumento significativo de 370% no comparativo ano a ano. Alguns produtos da série GeForce RTX 3000, por exemplo, são vendidos a quase quatro vezes o seu valor, efetivamente tornando um modelo de entrada, como a RTX 3060, em um produto com preço premium.

Por que as placas de vídeo estão mais caras?

Os analistas que desenvolveram a pesquisa acreditam que as pessoas em casa foi um dos principais fatores do aumento da demanda por placas de vídeo em 2020 e no primeiro semestre de 2021. Para unir o útil ao agradável, essa gente investiu em computadores para o trabalho e também para entretenimento nos momentos de descanso.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Esse fator aliado à escassez de silício e outros componentes necessários para a fabricação das GPUs, a busca maior delas para mineração de bitcoins e a compra de cambistas para a revenda gerou uma avalanche de demanda para pouca oferta do mercado.

No geral, os preços se mantiveram estáveis entre 2018 e o final de 2019, mas a partir do primeiro bimestre de 2020 começaram a inflacionar e impactar até mesmo modelos mais caros, como as GeForce RTX 3080 da Nvidia e Radeon 6800 XT da AMD.

Comparativo do aumento de preço das GPUs entre 2018 e 2021 (Imagem: Reprodução/Techradar/Jon Peddie Research)

Com preços tão altos, os gamers que querem aproveitar os jogos AAA mais recentes talvez encontrem um maior custo-benefício em notebooks e PCs já montados, já que essas máquinas sofrem menos com a baixa distribuição, mesmo que o preço final ainda seja afetado pelos fatores do mercado.

Fonte: Techradar

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.