Linha Intel Alder Lake tem possível data de lançamento e novos testes divulgados

Linha Intel Alder Lake tem possível data de lançamento e novos testes divulgados

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 27 de Setembro de 2021 às 13h32
Renan da Silva Dores/Canaltech

Muito aguardada pela adoção da litografia de 10 nm e da chegada da arquitetura híbrida, a 12ª geração Intel Alder Lake tem sido alvo constante de vazamentos as últimas semanas. O novo soquete retangular LGA1700 já foi visto, e benchmarks prometem um enorme salto de desempenho, capaz de colocar a nova família de processadores bem à frente dos rivais da AMD.

Os componentes voltam a vazar nesta semana, agora com uma possível data de lançamento precisa, bastante próxima. Mais informações de desempenho também foram divulgadas, e a teoria de que apenas placas-mãe premium seriam disponibilizadas na estreia ganha força com novos registros feitos pela própria Intel.

Família Intel Alder Lake pode estrear no início de novembro

Múltiplos rumores indicavam que a nova geração de processadores da Intel seria anunciada no final de outubro, chegando então aos consumidores em novembro. Agora, foi a vez da MSI confirmar a janela de lançamento com um novo material promocional divulgado neste final de semana.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O upgrade gratuito da MSI começa em 4 de novembro, data em que é esperada a chegada dos processadores Intel Alder Lake-S ao mercado (Imagem: Reprodução/VideoCardz)

O conteúdo oferece upgrade gratuito dos encaixes de coolers produzidos pela companhia para prepará-los para a família Alder Lake, que substitui o atual soquete LGA1200 pelo novo LGA1700, com dimensões e furações diferenciadas. O que chama a atenção é o início da oferta: 4 de novembro — essa é a data prevista para a chegada dos chips aos consumidores e a queda do embargo de reviews.

Ao que se sabe, o anúncio oficial deve ocorrer em 27 de outubro, com ao menos três modelos lançados: o topo de linha Core i9 12900K, o avançado Core i7 12700K e o intermediário Core i5 12600K. Não se sabe se as placas-mãe compatíveis já estarão disponíveis nesse prazo, ou se também chegarão junto aos processadores.

Novos testes de desempenho mostram desempenho avançado

Paralelo a isso, o flagship Core i9 12900K voltou a surgir em novos testes de desempenho, dessa vez nos populares CPU-Z e Cinebench R23. Ainda há poucas informações sobre as configurações das máquinas testadas e até mesmo sobre os resultados em si, mas ambos confirmam os ganhos massivos de performance prometidos pela Intel.

Na plataforma chinesa Bilibili foram encontrados os números do teste em single-core do CPU-Z, em que a solução marca 825 pontos. O resultado dá uma vantagem significativa para o novo processador da Intel, de cerca de 27% em comparação ao principal rival, o Ryzen 9 5950X, e ao antecessor, o Core i9 11900K, que marcam 647 e 682 pontos, respectivamente.

Com 825 pontos no CPU-Z, o Core i9 12900K mostra vantagem de 27% sobre o Ryzen 9 5950X (Imagem: Reprodução/HDBlog)

A passagem do Core i9 pelo Cinebench R23 também empolga, com o chip marcando impressionantes 2.050 pontos em single-core e 30.549 pontos em multi-core, de acordo com dados divulgados pelos leakers HxL e REHWK. Em comparação, o Ryzen 9 5950X entrega 1.639 pontos em single-core e 28.641 pontos multi-core, em média.

Tratam-se de vantagens de 25% e 7%, respectivamente, para a nova solução da Intel. Analisando as informações dispostas em monitores de desempenho, é possível notar que o componente estava acompanhado de 32 GB de RAM DDR5 a 5.200 MHz, uma das principais novidades da nova geração, e apresenta clocks de até 5,3 GHz.

Vale lembrar que o topo de linha da família Alder Lake é configurado com 8 P-Cores de alto desempenho e 8 E-Cores de baixo consumo, trazendo Hyper-Threading apenas nos núcleos mais potentes, o que resulta em 24 threads. Em teoria, o Ryzen 9 5950X deveria apresentar uma vantagem bastante marcante, por contar com 16 núcleos de alto desempenho e 32 threads.

Placas-mãe intermediárias podem chegar apenas em 2022

Por fim, o portal VideoCardz encontrou registros de algumas das placas-mãe da Intel dedicadas à família alder Lake no órgão de certificação europeu EEC. Os documentos citam os modelos H610 e H670 de entrada, além do intermediário B660. As informações não só confirmam os nomes das plataformas mais básicas da nova geração, como também reforçam o lançamento tardio dessas variantes.

Isso porque a própria Intel foi a responsável pelos registros das placas — normalmente, quando estão próximas de serem lançadas, as soluções são registradas por fabricantes parceiras, como ASUS ou Gigabyte. Segundo os rumores, as plataformas básicas da 12ª geração devem chegar ao mercado apenas em 2022, possivelmente durante a CES 2022, em janeiro.

Fonte: HDBlog, VideoCardz, NeoWin (1, 2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.