Intel lança nova linha Xeon E para workstations de entrada

Por Carlos Dias Ferreira | 12 de Julho de 2018 às 18h07
Tudo sobre

Intel

A Intel acaba de disponibilizar uma nova linha de processadores destinados a vários tipos de workstations. Com arquitetura Coffee Lake, os Xeon E-2100 são uma evolução direta dos Xeon E3 (lançados em 2017) e devem ser incorporados em centrais de processamento de custo mais acessível.

A empresa pretende vender o novo chip para sistemas voltados a profissionais de áreas de criação que dependam do processamento mais parrudo de uma estação de trabalho. Apesar do “E” (de “nível de entrada”, em inglês), a nova linha inclui até seis núcleos, sendo capaz de processar até 12 threads (execuções encadeadas). A velocidade varia de 3,3 gigahertz a 3,8 gigahertz, embora o turbo boost possa elevar esses valores a até 4,3 gigahertz ou 4,7 gigahertz, dependendo do modelo.

De modelos 3D ao setor médico

Além disso, os Xeon E-2100 também promovem maior velocidade de acesso a memória, além de acelerar inputs e outputs e de apresentar novas funcionalidades de segurança e confiabilidade. Entre as utilidades mencionadas pela fabricante estão a confecção de modelos tridimensionais (3D) e a criação de ferramentas de realidade aumentada – além de processamentos para áreas de saúde, educação, finanças e geração de energia.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Intel Xeon E-2100: até seis núcleos, hiperprocessamento e velocidade turbo boost de até 4,7 gigahertz. (Imagem: reprodução/Intel).

“Com o fluxo atual de tarefas, workstations defasadas impedem a produtividade, a colaboração e a criatividade”, disse a vice-presidente e gerente geral de produtos para centrais de dados da Intel, Jennifer Huffstetler, em nota oficial (via Venturebeat). “O lançamento dos processadores Intel Xeon E pretende fornecer o essencial em performance e visuais para as estações de trabalho de entrada, além de otimizar o design e os requisitos buscados pelos nossos consumidores.”

Os processadores Xeon E-2100 devem se tornar o novo padrão da fabricante para sistemas dedicados de entrada. A linha deve surgir ainda este ano como parte de workstations vendidas pela Dell, pela HP e pela Lenovo.

Fonte: Intel

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.