GPU Intel The Alchemist para notebooks tem detalhes de 5 modelos vazados

GPU Intel The Alchemist para notebooks tem detalhes de 5 modelos vazados

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 25 de Janeiro de 2022 às 16h50
Reprodução/Intel

Se há alguns anos um rumor sobre a Intel entrar no mercado de GPUs dedicadas faria alguns rirem, hoje o assunto é tão sério que até a Nvidia tem motivos para se preocupar. A companhia investiu e vai lançar a família The Alchemist em 2022. E um dos modelos vazou, se mostrando capaz de brigar com a RTX 3070 TI.

Uma estratégia interessante é que aparentemente a Intel já chegará, também, com placas de vídeo para notebooks. Costuma ser um mercado que recebe atenção após o lançamento do hardware para PC. E esse movimento pode ser importante para ela se destacar e aumentar seu marketshare mais rapidamente.

As configurações da linha The Alchemist para notebooks foram vazadas pelo insider 9550pro. Segundo o slide obtido, seriam cinco modelos disponíveis. E o mais potente traria grande poder para os notebooks que equiparia.

A intitulada DG2-512EU, como seu código sugere, ofereceria 512 unidades de execução. Isso ao lado de um sistema de memória em 256 bits, com 16 GB de capacidade no padrão GDDR6, permitiria à largura de banda alcançar os 512 GB/s.

O segundo modelo, DG2-384EU, contaria com interface de 192 bits, 12 GB de memória GDDR6, e 384 unidades de execução. Diferente da versão mais potente, esta versão alcançaria até 384 GB/s.

O terceiro, DG2-256EU, rodaria em interface de 128 bits, com 8 GB GDDR6, e 256 unidades de execução — alcançando até 256 GB/s. A DG2-128EU teria interface de 64 bits, com 4 GB GDDR6, com 128 núcleos de execução, e alcançando 112 GB/s máximos. A DG2-96EU, por sua vez, manteria as características da anterior, mudando apenas a quantidade de núcleos para execução: 96.

Muitos modelos para desktop

A mascote da linha de GPUs The Alchemist (Imagem: Hot Hardware/Intel)

Como é esperado, os modelos para notebooks não devem oferecer a mesma performance daqueles voltados a desktops. As razões são claras: limitações de espaço, de consumo energético, de dissipação de calor, e outras. Por isso, o modelo DG2-512, para desktops, chegou a vazar mostrando um desempenho monstruoso. Suas configurações envolvem 4096 núcleos de execução, 16 GB de memória dedicada GDDR6, e interface de 256 bits.

A previsão da Intel era de anunciar as The Alchemist no primeiro trimestre. Mas essa previsão foi removida do seu site. É muito provável que a escassez de chips no mercado tenha prejudicado o seu cronograma.

Vale lembrar, outro vazamento pontua que a primeira geração de GPUs dedicadas da empresa pode ter um tamanho colossal de modelos. É esperar para ver qual, de fato, será a estratégia inaugural da Intel.

Fonte: TwitterVideocardz

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.