Crise de chips pode adiar GPUs Intel ARC para desktops

Crise de chips pode adiar GPUs Intel ARC para desktops

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 05 de Outubro de 2021 às 09h35
Divulgação/Intel

Após anos de rumores a Intel oficializou sua entrada no mercado de placas de vídeo dedicadas. A Intel ARC é esperada para 2022, e disputará o consumidor com marcas consolidadas como a AMD e Nvidia.

A vida da empresa nesse mercado, porém, não começa fácil: a primeira geração, The Alchemist, poderá sofrer atrasos. Mesmo procurando jogar seguro e prometendo os primeiros produtos para o ano que vem, a Intel pode apresentar GPUs apenas para notebooks no primeiro trimestre de 2022. Isso se daria em virtude da escassez de chips no mercado.

(Imagem: Hot Hardware/Intel)

O problema já foi comentado publicamente pelo CEO da empresa, e alguns países na Ásia estão enfrentando novas ondas de covid-19. Isso estaria dificultando a montagem de estoques e mexendo na equação do preço, já que os semicondutores ainda disponíveis estão mais caros para as fábricas compensarem parte das perdas.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Por enquanto esse é apenas um rumor, mas não é a primeira vez que ouvimos falar de uma empresa adiando ou cancelando um produto devido à crise no mercado de chips. No mercado de celulares, por exemplo, o Galaxy S21 FE pode acabar não acontecendo por motivos parecidos, por mais que a Samsung ainda não confirme que ele saiu dos seus planos.

Assim, a Intel deve colocar notebooks com Intel ARC The Alchemist no mercado já no começo do ano. Porém, GPU's para desktops só deverão ser vistas entre abril e junho. Como os portáteis trazem o preço embutido de todo o hardware, parece que levará mais tempo até descobrirmos os preços que a empresa praticará pelas suas placas de vídeo.

Vale lembrar que a Intel ARC ganhou mascote para representar a primeira geração de produtos. A personagem deverá inspirar também material de marketing, estampar caixas dos produtos e muito mais. Fontes do mercado esperam que já com os primeiros produtos a empresa consiga oferecer alternativas competentes às GTX 1650 Max-Q e até mesmo a RTX 3070, da rival Nvidia.

Fonte: Moore's Law is Dead, Techspot

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.