Aprenda a diferenciar BIOS de Firmware

Por Redação

O computador faz parte do dia a dia de quase todo mundo e da rotina de trabalho de muitas pessoas, mas todas as suas funcionalidades e componentes podem ser um tanto quanto complexos de se entender. Além disso, com certeza você já deve ter ouvido falar em alguns termos, mas nunca soube do que eles se tratam.

Exemplos disso são a BIOS e o Firmware. Se você não conhece, ainda tem dúvidas sobre eles ou até mesm os confude, chegou a hora de esclarecer as coisas de uma maneira bem simples.

BIOS

A BIOS é um firmware para placas-mãe de computadores e um acrônimo para Sistema Básico de Entrada e Saída (Basic Input/Output System). Ele também pode ser conhecido como Sistema de BIOS, BIOS ROM ou PC BIOS.

Este firmware é utilizado durante o processo de inicialização (power-on/start up) em computadores baseados na arquitetura IBM PC. A BIOS é construída em PCs e é o primeiro software a rodar quando a máquina é ligada.

O seu nome é originado do sistema de Basic Input/Output usado no sistema operacional CP/M, de 1975. Computadores atuais possuem outros firmwares que a substituem chamados de UEFI ou EFI.

Firmware

O firmware é a combinação da memória persistente, do código do programa e dos dados armazenados nele. Sistemas que possuem firmware podem ser encontrados em semáforos, eletrodomésticos, relógios digitais, computadores, periféricos de computadores, aparelhos celulares e câmeras digitais. Nos dispositivos, o firmware tem a função de fornecer o controle do programa para os aparelhos.

Nos computadores há outros tipos de firmware além da BIOS, UEFI e EFI. Placas de vídeo, placas de rede, controladores de disco rígido e placas de som, por exemplo, possuem seus próprios firmwares.

Via: How to Geek