O que é um barramento?

Por Ultradownloads
De cima para baixo: PCIe 4x, PCIe 16x, PCIe 1x, PCIe 16x, PCI

Processador, memória, placa de vídeo, disco rígido... todos componentes individuais que precisam se comunicar para fazer o nosso computador funcionar do jeito que esperamos utilizam barramentos de transporte de dados. Para entender os barramentos, imagine trilhas individuais conectando cada componente do PC, com trilhas de memória, trilhas de vídeo, da HDs e assim por diante.

Placas de vídeo, por exemplo, podem ser compatíveis com slots AGP, PCI Express e até PCI, cada um desses representando uma especificação de barramento com velocidade máxima de transferência, quantidades de trilhas na placa-mãe, frequência de operação e assim por diante. Barramentos de vídeo são um subconjunto de barramentos de entrada e saída, onde estes incluem também discos de armazenamento SATA, SCSI e IDE, dispositivos USB, teclado e mouse.

Os processadores mais modernos, sejam da Intel ou da AMD, possuem um barramento extremamente rápido para se comunicarem com a memória e assim transferirem dados sem perda de desempenho. O barramento PCI Express 3.0 é capaz de transferir até 32 GB/s, suficiente para suportar as placas de vídeo mais modernas lançadas atualmente, enquanto o PCI é capaz de transferir apenas 133 MB/s.

Cada um desses exemplos possui a sua função específica, com suas especificações de energia e velocidades máximas projetadas para suportar uma determinada classe de dispositivos. De nada adiantaria conectar uma placa de vídeo em um barramento SATA 3 para ter limitações de desempenho, embora fosse tecnicamente possível fazê-lo.

Esquema simplificado dos barramentos do PC

E você, usuário? Procura saber quais são os barramentos que a sua placa tem suporte antes de adquirí-la?

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.