Entenda o padrão Wi-Fi 802.11 ax, a próxima evolução da rede sem fio

Por Redação
photo_camera Make Use Of

A WiFi Alliance, uma organização sem fins lucrativos, está trabalhando no desenvolvimento da conexão Wi-Fi 802.11 ax, que pode ser o novo padrão da internet sem fio até 2019, ou quando for concluída pela iniciativa. A WiFi Alliance conta com cerca de 600 integrantes que buscam implementar tecnologias sem fio e existe desde 1999 quando popularizou o sistema 802.11 a.

O objetivo da Wi-Fi 802.11 ax é oferecer uma conexão com velocidade quatro vezes superior do que o sistema 802.11 ac, o mais difundido atualmente. Ela é ideal para ser utilizada em larga escala, como em locais públicos onde o acesso por várias pessoas ao mesmo tempo é comum.

O padrão 802.11 a foi determinado em 1999 pelo Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE). Desde então, vários padrões surgiram: o 802.11 b em 1999, junto com o 802.11 a; o g em 2003; o n em 2009; e o padrão mais recente 802.11 ac em 2013. Outros padrões menos utilizados são: 802.11 s, 802.11 ad e 802.11 aj.

A primeira conexão, 802.11 a, pode alcançar uma velocidade máxima de 54 Mbps, enquanto a mais recente, 802.11 ac, atinge uma velocidade de 866,7 Mbps, mas pode chegar a até 1,3 Gbps em uma banda de 5 GHz. Em 2015 uma nova versão da conexão 802.11 ac, focada na banda 5 GHz, será disponibilizada com uma tecnologia que irá permitir o multi-acesso de entrada e saída de dados, com um número maior de usuários simultâneos. Com essa tecnologia, unida a um canal de 160 MHz, será possível ter picos de 7 Gbps.

O novo padrão desenvolvido pela WiFi Alliance só estará disponível posteriormente, com o nome 802.11 ax e o objetivo de quadruplicar a velocidade da conexão sem fio individual, atingindo picos de 10,53 Gbps na banda de 5 GHz de frequência.

Até o momento, quem saiu à frente na tecnologia do roteador usando ax é a chinesa Huawei, que promete o primeiro equipamento com o padrão em 2018. No entanto, o padrão ainda precisa ser consolidado como plataforma Wi-Fi para que isso seja confirmado. A expectativa é que este padrão só chegue ao público geral em 2019. Mas o investimento da Huawei não será perdido caso o padrão ax não seja adotado. Neste caso ele funcionará com a versão atualizada do 802.11 ac, previsto para 2015.

Com o 802.11 ax espera-se ter uma melhor conectividade em locais públicos, como os hotspots de comércios e outros locais. Dessa forma o usuário terá acesso a uma boa conexão sem fio mesmo com outras pessoas conectadas. O modelo também permitirá uma qualidade melhor mesmo através de paredes.

Ainda que a conexão não fique em 10 Gbps sempre, será possível baixar conteúdo da internet com uma maior velocidade. No entanto, os roteadores ainda podem ser um problema. A internet via Google Fiber nos Estados Unidos, por exemplo, promete uma velocidade de 1 Gbps, no entanto, na prática, atinge 200 Mbps em grande parte por causa dos roteadores.

No Brasil, as operadoras de serviços de internet banda larga oferecem uma velocidade média de 2 Mbps, então, mesmo com o padrão 802.11 ax, ainda há muito o que ser feito por aqui para atingir a velocidade prometida pelo novo padrão.

Fonte: http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2014/07/wi-fi-80211-ax-entenda-como-sera-o-proximo-padrao-de-conexao-sem-fio.html