Yahoo é multada em US$ 335 mil no Reino Unido por ataque hacker de 2014

Por Patrícia Gnipper | 12 de Junho de 2018 às 15h51
Tudo sobre

Yahoo

A Yahoo foi multada em 250 mil euros, o equivalente a 335 mil dólares, pelo UK Information Commissioner's Office (ICO) por conta do imenso ataque hacker que sofreu em 2014, com exposição de dados de mais de 500 milhões de seus usuários. A empresa, apesar de ter sido vítima do ataque, manteve tudo debaixo do tapete, somente revelando a brecha dois anos depois.

Segundo a companhia, "hackers patrocinados pelo Estado" roubaram informações pessoais, incluindo nomes, e-mails e respostas a perguntas de segurança que não eram criptografadas, mas, no entendimento do ICO, a Yahoo não tomou as medidas apropriadas para proteger sua plataforma.

"As falhas que nossa investigação identificou não são o que esperamos ou aceitaremos de uma empresa que processa volumes significativos de dados pessoais", declarou o vice-comissário de operações, James Dipple-Johnstone. Ele segue dizendo que "a Yahoo teve ampla oportunidade de implementar medidas apropriadas e potencialmente impedir que os dados dos cidadãos do Reino Unido fossem comprometidos".

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Do total de 500 milhões de usuários afetados pelo ataque hacker, acredita-se que cerca de oito milhões representam usuários do Reino Unido. Segundo o ICO, a Yahoo também não garantiu que as credenciais dos funcionários com acesso aos dados fossem monitoradas, havendo "um longo período de tempo" para que a violação fosse descoberta.

Vale lembrar que Karim Baratov, o hacker canadense que teria ajudado russos na invasão de 2014, foi condenado recentemente a 5 anos de prisão pelo crime.

Fonte: BBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.