Pesquisa revela que 85% das empresa brasileiras não estão preparadas para a LGPD

Por Rafael Rodrigues da Silva | 08 de Agosto de 2019 às 15h40
gorodenkoff / Getty Images

De acordo com uma pesquisa feita pela Serasa Experian e divulgada nesta quinta-feira (8), cerca de 85% das empresas brasileiras ainda não estão preparadas para atender às exigências da Lei de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Aprovada em agosto do ano passado, a LGPD estabelece uma série de regras de como as empresas do país podem coletar informações sobre seus clientes e quais as responsabilidades que ela possui para evitar que esses dados sejam vítimas de vazamentos ou roubos por hackers, e dá para as empresas do país o prazo de até agosto de 2020 para se adequarem às novas regras.

A pesquisa do Serasa foi feita em março deste ano e ouviu ouviu executivos de 508 empresas do país, divididas entre 18 setores de atuação e dos mais variados portes. Mas, ainda que o fato de 85% das empresas ainda não estarem preparadas para a nova lei, não há tanto motivo para preocupação. Isso porque a maioria delas afirmou que a adequação às novas regras será totalmente efetuada até o momento que elas começarem a valer.

Para conseguir isso, 72% das companhias entrevistadas, que possuem mais de 100 funcionários, pretendem contratar uma pessoa de mercado ou consultoria especializada para que possam estar adequadas à nova lei; e 73% delas esperam que as mudanças necessárias para se adaptar ao LGPD tenham um impacto significativo em suas estruturas de TI.

Fonte: Agência Brasil

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.