Publicidade

Abono do PIS/PASEP 2023 já pode ser consultado

Por| Editado por Claudio Yuge | 06 de Fevereiro de 2023 às 13h11

Link copiado!

Abono do PIS/PASEP 2023 já pode ser consultado
Abono do PIS/PASEP 2023 já pode ser consultado

Neste domingo (5), o Governo Federal liberou a consulta para o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) de 2023. Os valores e o calendário já foram divulgados, com os depósitos começando a ser distribuídos no dia 15 de fevereiro.

Os pagamentos são referentes aos profissionais que atuaram com carteira assinada em 2021 por pelo menos 30 dias. Dentre os pré-requisitos estão: ter a Carteira de Trabalho há pelo menos cinco anos; ter recebido remuneração mensal de até dois salários mínimos durante o ano-base; estar cadastrado na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Não tem direito ao benefício profissionais que atuam como empregado(a) doméstico(a); trabalhadores rurais e urbanos empregados por pessoa física; trabalhadores empregados por pessoa física equiparada a jurídica. Confira como consultar o benefício, a seguir;

Continua após a publicidade

Como consultar o abono do PIS e do Pasep

É possível consultar o abono do PIS e do Pasep pelo Portal Emprega Brasil, onde é possível se cadastrar no portal ou realizar o login pelo Gov.br. Selecione "Abono Salarial" para saber se tem direito ou não ao benefício. Outra maneira de verificar a situação do abono é pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital (Android/iOS).

Calendário PIS/Pasep 2023

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, cerca de 22,9 milhões de pessoas serão beneficiadas com o direito ao PIS/Pasep — totalizando um montante de mais de R$ 22 bilhões. Os primeiros lotes serão liberados entre os dias 15 de fevereiro e 17 de julho, confira a tabela:

PISPasep
Mês de nascimentoData de pagamentoFinal da inscriçãoData de pagamento
Janeiro / Fevereiro15 de fevereiroNúmero 015 de fevereiro
Março / Abril15 de marçoNúmero 115 de março
Maio / Junho17 de abrilNúmeros 2 e 317 de abril
Julho / Agosto15 de maioNúmeros 4 e 515 de maio
Setembro / Outubro15 de junhoNúmeros 6 e 715 de junho
Novembro / Dezembro17 de julhoNúmeros 8 e 917 de julho

O valor estabelecido é de R$ 109 por mês trabalhado, sendo R$ 109 o mínimo que uma pessoa pode receber e R$ 1.302, o máximo. Confira a tabela de valores por tempo trabalhado, a seguir;

  • 1 mês trabalhado – R$ 109,00;
  • 2 meses trabalhados – R$ 217,00;
  • 3 meses trabalhados – R$ 326,00;
  • 4 meses trabalhados – R$ 434,00;
  • 5 meses trabalhados – R$ 543,00;
  • 6 meses trabalhados – R$ 651,00;
  • 7 meses trabalhados – R$ 760,00;
  • 8 meses trabalhados – R$ 868,00;
  • 9 meses trabalhados – R$ 977,00;
  • 10 meses trabalhados – R$ 1.085,00;
  • 11 meses trabalhados – R$ 1.194,00;
  • 12 meses trabalhados – R$ 1.302,00.
Continua após a publicidade

Fonte: Folha de S. Paulo