Google afirma que vai informar se pessoa estiver falando com assistente digital

Por Wagner Wakka | 11 de Maio de 2018 às 14h00
photo_camera Joyce Macedo
TUDO SOBRE

Google

Nesta semana, a Google impressionou e, alguns diriam, asustou ao mostrar a capacidade do novo passo no avanço de inteligência artificial chamado Duplex. No principal keynote da Google I/O, evento da empresa para desenvolvedores, o CEO da gigante, Sundar Pichai, mostrou como a tecnologia pode, por exemplo, agendar um corte de cabelo por uma ligação de forma fluída e natural.

Claro que esta impressionante demonstração da capacidade quase cinematográfica de uma IA já começou a levantar questões sobre esta interação. A primeira delas é a de que em nenhum momento da gravação apresentada pela Google a tecnologia se apresentou como o assistente pessoal da empresa. A proposta do vídeo é mostrar que a inteligência artificial foi capaz de “enganar” o cérebro humano de forma que não percebesse que estava falando com um robô digital. Contudo, isto levantou questões a respeito da responsabilidade de avisar ao interlocutor que ele não está falando com uma pessoa de verdade.

Em relação a isso, a empresa disse ao The Verge que a tecnologia ainda está em desenvolvimento e que a apresentação foi apenas uma amostra da capacidade da inteligência artificial.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

“Entendemos e valorizamos a discussão em torno do Google Duplex - como dissemos desde o início, a transparência na tecnologia é importante. Estamos projetando esse recurso com a divulgação integrada e nos certificaremos de que o sistema seja identificado adequadamente. O que mostramos na I/O foi uma demonstração inicial de tecnologia e esperamos incorporar o feedback à medida que desenvolvemos isso em um produto”, disse em nota ao site.

O Duplex ainda não tem data para chegar ao mercado, e grande parte do motivo para isso é exatamente a empresa ainda não saber como que será a reação das pessoas em utilizar a tecnologia.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.