Xbox Game Pass ainda não dá lucro, mas a Microsoft não se preocupa com isso

Por Felipe Ribeiro | 29 de Julho de 2020 às 12h05
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Xbox Series X

Ficha técnica

O Xbox Game Pass chegou no fim da atual geração de consoles, mas mexeu com o mercado de maneira permanente, criando um novo modo de como consumiremos os games daqui para frente. Mas há algo que fica na cabeça dos jogadores e dos analistas: como a Microsoft ganha dinheiro com o serviço? Segundo Aaron Greemberg, chefe do marketing de Xbox, o lucro, no momento, não é dos mais altos, mas os planos são a longo prazo.

Em entrevista recente ao canal What's Good Games, Greenberg ressaltou que o foco da Microsoft é expandir a base de assinantes do Game Pass e "pediu" para que os fãs e demais pessoas não "se preocupassem" com a empresa. Greenberg disse que os investimentos que a Microsoft está fazendo no Xbox Game Pass hoje podem custar caro no curto prazo, mas acabarão pagando dividendos no futuro, se tudo der certo.

"Nós sempre rimos [quando ouvimos isso]. Por favor, não se preocupem conosco. A Microsoft vai ficar bem. Nós vamos conseguir - acho que vamos ficar bem", disse ao ressaltar que a Microsoft pensa em agregar valor aos jogadores de seu ecossistema com o Xbox Game Pass. "É uma mentalidade diferente. Se você otimiza para obter lucro e diz: 'Como obtemos tanto lucro de cada cliente?'. Ou você pode dizer: 'Como agregamos tanto valor aos nossos fãs?', 'Como podemos realmente entregar valor?'. Se você fizer isso, construirá fãs para toda a vida", disse Greenberg.

Ele lembra, também, que a Microsoft anunciou recentemente que incluiria o Project xCloud junto à assinatura do Xbox Game Pass sem qualquer custo adicional. Com isso, a empresa pensa que o "marketing boca a boca" possa fazer o trabalho de expandir a base de assinantes. "Quando as pessoas sentem que você está agregando valor ao produto, elas querem não apenas continuar usando o seu serviço, mas também querem contar a seus amigos", explicou ele.

Sobre a parte das finanças, embora a divisão Xbox tenha lucrado cada vez mais a ponto do CEO da Microsoft, Satya Nadella, apoiar publicamente o departamento de games da gigante, Greenberg diz que espera que o Game Pass dê lucros substanciais a longo prazo. "Queremos continuar adicionando cada vez mais valor ao Xbox Game Pass para que você se sinta realmente bem com isso e que queira contar aos seus amigos sobre isso. No fim das contas, achamos que, a longo prazo, é a coisa certa para os negócios e trará benefícios", projeta.

A base de assinantes do Xbox Game Pass atingiu, recentemente, a marca dos 10 milhões de pessoas, somando Xbox e PC. O serviço, já confirmado para o Xbox Series X, deve ser uma das principais armas da Microsoft para o lançamento do seu novo console, que deve chegar até o fim do ano.

Fonte: Gamespot (1) (2), What's Good Games

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.