PUBG desiste de processo contra os desenvolvedores de Fortnite

Por Eduardo Hayashi | 27 de Junho de 2018 às 11h30

A companhia responsável pelo game PlayerUnknown’s Battlegrounds acaba de retirar o processo legal movido no final do mês passado contra a Epic Games, que foi acusada de violar os direitos de propriedade intelectual com o game Fortnite, com a suposta cópia de diversos elementos e ideias originais de PUBG.

Conforme noticiou a Bloomberg nesta quarta-feira (27), os desenvolvedores de PUBG resolveram cancelar o processo. "A PUBG Corp. enviou uma carta de retirada ao advogado da Epic Games Inc. e o caso sul-coreano chega assim ao fim, de acordo com o website do sistema judicial local", informou o veículo.

Ainda não está claro se ambas as companhias de games chegaram a um acordo ou se houve algum outro motivo específico para a desistência da ação judicial.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Um dos detalhes mais curiosos do caso é que tanto a PUBG Corp. quanto a Epic Games compartilham de uma mesma acionista, a gigantesca Tencent Holdings Ltd., que detém parte de ambas as companhias e certamente não apoiaria qualquer tipo de batalha judicial entre as empresas.

Embora não tenha sido PUBG o precursor do gênero de jogos do tipo battle royalle, o título foi um dos que mais fizeram sucesso desde o seu lançamento em acesso antecipado, inspirando games como Fortnite, que por sua vez acabou ultrapassando o game original em termos de jogadores ativos, além de ter registrado números impressionantes na plataforma de streaming de jogos Twitch.

Fonte: Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.