Prévia | LEGO Os Incríveis traz muita diversão e cooperação

WB Games

Quase 14 anos se passaram desde a estreia de Os Incríveis nas telonas, e agora a sequência da adorada animação da Disney-Pixar está finalmente na reta final rumo ao lançamento. Mas não apenas isso, pois um game baseado no longa também chegará em uma data próxima para complementar o universo protagonizado pela família Pera.

Desenvolvido pela TT Games, LEGO Os Incríveis abordará alguns momentos do primeiro filme e da vindoura segunda parte da animação, trazendo os personagens superpoderosos em uma combinação de jogo de ação com elementos de exploração e puzzle.

A convite da Warner, o Canaltech testou com antecedência os primeiros momentos do game, ocasião na qual também pudemos bater um papo com Martin Palmer, produtor da TT Games responsável por diversos outros jogos da franquia Lego. Ele nos revelou algumas informações mais detalhadas sobre este novo game. Chega mais e confira a nossa prévia!

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Uma relação duradoura e próxima

Enquanto jogávamos os primeiros minutos de LEGO Os Incríveis, Martin falou sobre o contato próximo entre a TT Games e a Diney-Pixar, relembrando as aclamadas adaptações da Traveller’s Tales (antigo nome da TT Games) que surgiram em meados da década de 90 com clássicos como Mickey Mania (1994) e Toy Story (1995). Parceria esta que também se faz presente nesta recente adaptação de Os Incríveis.

Na prática, o game realmente não contraria as palavras do produtor, com trechos que evidenciam todo o cuidado do estúdio em selecionar momentos marcantes e expandir alguns momentos que, inclusive, não são necessariamente retratados na animação da Pixar.

Liberdade criativa

Não perdendo para nenhum outro game da LEGO, Os Incríveis também mostra um grande potencial em explorar pequenos momentos em que ocorrem situações e linhas de diálogos que não se fazem presentes no primeiro filme, dando a sensação de que a liberdade criativa aqui também não foi barrada. O estúdio aproveitou bem todas as oportunidades que teve para brincar com a personalidade e as motivações de cada herói e vilão da animação.

O componente que chega como novidade na série LEGO é o sistema de combinação de habilidades únicas de cada personagem, que podem ser utilizadas tanto de forma independente quanto em dupla, favorecendo a jogabilidade cooperativa.

Por exemplo, tal qual no primeiro filme, em alguns trechos a Mulher-Elástica pode se transformar em um bote inflável para carregar outros personagens, enquanto o Flecha pode usar a sua velocidade para impulsionar a embarcação — ou seja, a combinação de ambos os poderes resulta em um barco motorizado capaz de navegar em fortes correntezas.

O que mais esperar do jogo?

Além dos breves trechos que testamos, Martin garantiu que os fãs podem esperar por um sistema de exploração mais amplo em um mundo aberto, que funcionará tanto como Hub para as missões principais quanto para os objetivos secundários.

O produtor concluiu a conversa falando um pouco sobre o modo Free Play, que possibilitará que fases concluídas sejam revisitadas por personagens novos, que serão desbloqueados ao longo da jogatina. Nesta modalidade, será possível encontrar mais segredos e itens escondidos nos cenários, bem como novas opções de uniformes para os heróis.

LEGO Os Incríveis chega no dia 15 de junho para PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.