Jogadores reclamam que Epic deixou Fortnite muito mais difícil

Por Rafael Rodrigues da Silva | 18 de Outubro de 2019 às 18h40
Epic Games

Depois de dois dias fora do ar, Fortnite retornou nesta última terça-feira (15) para o Capítulo 2 do jogo, que trouxe diversas mudanças para o game além de um mapa totalmente novo. Mas, de acordo com a Epic Games, a maior mudança seria no sistema de progressão do game, que exigiria menos esforço do jogador para alcançar chegar ao nível máximo do personagem. Mas, de acordo com a comunidade do jogo, não é exatamente isso que está acontecendo.

Na teoria, a Epic Games aumentou as formas dos jogadores ganharem XP no jogo, permitindo que os personagens passem de level efetuando ações como abrir baús e coletar materiais. Mas ainda que, na teoria, isso deveria tornar mais fácil a subida de nível, na prática não é isso que está acontecendo.

No Twitter, um usuário chegou até a mostrar toda a matemática do cálculo de XP para se levar um personagem do level 1 até o level 100 dentro da temporada, que costuma durar cerca de dez semanas. Pelos cálculos, mesmo que o jogador faça todos os desafios semanais e colete a experiência de todos os punchcards diários, será necessário ainda participar de cerca de 15 partidas por dia, todos os dias, para conseguir a experiência necessária para alcançar o nível máximo de personagem na temporada.

Uma das maiores reclamações dos jogadores é a forma como funciona o novo esquema de desafios semanais. Antes, a cada semana novos desafios eram desbloqueados, então os jogadores que não eram muito habilidosos podiam coletar a experiência de completar os mais simples e, na semana seguinte, receber novos desafios para ajudá-lo a progredir no jogo. Agora, para se ter acesso aos novos desafios semanais, é preciso completar todos os já existentes na lista do jogador, o que tem feito algumas pessoas “travarem” no game por não conseguirem completar desafios muito específicos e que requerem uma certa habilidade.

Isso tem feito com que os jogadores sintam que, apesar do discurso de deixar as coisas “mais divertidas”, a Epic Games tem se esforçado para impedir o progresso natural dos jogadores, obrigando-os a investir dinheiro na compra do Battle Pass, que é o modo como a companhia monetiza o jogo. Até o momento, a Epic ainda não sem pronunciou sobre o caso, mas as reclamações sobre as novas mecânicas de progressão de Fortnite não parecem que irão sumir tão cedo.

Fonte: Polygon

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.