God of War Ragnarök recebe primeiro trailer com gameplay

God of War Ragnarök recebe primeiro trailer com gameplay

Por Lucas Arraz | Editado por Bruna Penilhas | 09 de Setembro de 2021 às 17h52
Reprodução/Santa Monica Studios

A Sony quebrou o jejum em Midgard e revelou nesta quinta-feira (9), pela primeira vez, imagens de gameplay e novidades do novo God of War Ragnarök. A sequência do reboot da franquia recebeu novos detalhes durante a PlayStation Showcase, mas ainda não possui uma data de lançamento.

O próximo capítulo da série promete dar seguimento à história de Kratos e do filho Atreus contra deuses da mitologia nórdica. O foco do jogo deve ser novamente a ação e a narrativa, que deve alcançar o mito do Ragnarok. O trailer revelado mostra cenas de gameplay e novos conflitos entre Kratos e o filho, agora um adolescente que questiona a forma violenta do pai de lidar com questões. Assista:

God of War Ragnarök será dirigido por Eric Wiliams, também da desenvolvedora Sony Santa Monica. O diretor do reboot, Cory Barlog, assumiu a direção criativa de toda a franquia.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Na mitologia nórdica, o Ragnarok é o fim do mundo — evento no qual os deuses iriam lutar contra os gigantes, resultando na destruição e reconstrução do mundo a partir do zero. Um dos personagens que ganhará destaque no jogo é Thor.

Segundo o jornalista Geoff Keighley, o ator Ryan Hurst, o Beta de The Walking Dead, foi escalado para viver o papel do Deus nórdico que será um dos antagonistas de Kratos ao lado de Freya. 

O jogo foi anunciado no final de 2020, com um teaser extremamente curto e sem apresentar os personagens. No vídeo, a voz de Kratos avisava que “o Ragnarok estava chegando” e logo do título aparecia. Até esta quinta-feira, a Sony não tinha divulgado novas imagens da aventura.

God of War Ragnarök será lançado para o PS4 e PS5, mas não contará com upgrade gratuito entre gerações. A Sony cobrará uma taxa de US$ 10 — valor em reais não divulgado, para fazer a atualização de um console para o outro. Sem o upgrade, o game continua funcionando em ambos os consoles, mas por retrocompatibilidade e sem as melhorias de PS5.

Fonte: The Enemy

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.