Fortnite é incluído em programa escolar no Brasil

Fortnite é incluído em programa escolar no Brasil

Por Lucas Arraz | Editado por Bruna Penilhas | 16 de Setembro de 2021 às 16h20
Imagem: Divulgação/Paula Fróes/Governo da Bahia

Fortnite, o battle royale da Epic Games, foi incluído no programa educacional de mais de 5 mil escolas de todas as regiões do Brasil. O jogo foi adicionado ao projeto Play Escolar, ação da startup PlayMatch, que promove aprendizagem por meio dos videogames.

Fortnite será usado como atividade de ensino complementar para as áreas de Ciências, Tecnologia, Humanidades, Engenharia e Matemática, nas escolas que aderiram ao projeto. A PlayMatch, que atua como EdTech, investe na criação de programas de esports em escolas brasileiras, com o objetivo de formar novos atletas para os esportes eletrônicos. A startup sugere a criação de um boletim escolar atrelado à participação do estudante no programa de esportes eletrônicos.

O projeto Play Escolar capacita professores gratuitamente para aplicarem atividades pedagógicas baseadas nos maiores jogos eletrônicos do momento. A ação permite que até mesmo alunos, sem acesso facilitado aos jogos eletrônicos, possam interagir com o conteúdo. O objetivo é criar atividades multidisciplinares para alcançar alunos de 13 até 18 anos de escolas públicas e privadas no Brasil.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

“Acreditamos que o Play Escolar terá um impacto enorme na vida de milhares de estudantes de todo o Brasil. O Fortnite é extremamente popular entre os nativos digitais e do ponto de vista pedagógico os games são ferramentas imprescindíveis para promover uma revolução no sistema de aprendizagem dos alunos”, comentou Gabriel Vinicius, CEO da PlayMatch, sobre a novidade.

“O projeto foi idealizado para ser distribuído gratuitamente por meio da nossa plataforma em conteúdo audiovisual, de forma que até mesmo os alunos que não tiverem condições de jogar Fortnite, possam se engajar, participar e aprender”, acrescentou Yasminn Zagonel, Head de Educação da startup, em comunicado à imprensa.

A PlayMatch conta com a influenciadora Ana Xisdê para apresentar o Play Escolar e com o pro player Flakes Power como embaixador. A EdTech prometeu ainda a adição de outros atletas à iniciativa.

Ana Xisdê é apresentadora do Play Escolar (Imagem: Reprodução/Facebook/Ana Xisdê)

Fortnite é um jogo online totalmente gratuito disponível nos consoles PlayStation, Xbox, Switch, além de celulares Android, no PC e Mac.

Fortnite no ensino médio norte-americano

Com ação similar a do Brasil, Fortnite passou a ser um esporte oficial do ensino médio e universitário nos EUA. A ação ocorreu graças a uma startup sediada em Los Angeles, chamada PlayVS.

Para isso, a empresa fez uma parceria com a Epic Games para trazer o título battle royale para torneios oficiais nessas duas modalidades educacionais, em algo semelhante ao basquete ou ao futebol americano, por exemplo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.