Fortnite | Os 7 melhores eventos de fim de temporada

Por Sérgio Oliveira | 18 de Outubro de 2019 às 10h33

Podem falar o que quiserem, mas se tem um título que Fortnite merece é o de jogo sensação do momento. O título da Epic Games vem conseguindo se manter sob os holofotes do público praticamente desde que inaugurou seu modo Battle Royale em setembro de 2017. E quando achamos que ele está na pior, acontece algo como o buraco negro que tomou conta do jogo e o colocou novamente na boca do povo.

Para marcar o encerramento da Temporada 10, a Epic Games adotou uma estratégia ousadíssima: implodir o mapa de Fortnite e deixar o jogo fora do ar por quase 40 horas, exibindo apenas um buraco negro para todos os jogadores que tentassem entrar em uma partida. Isso foi suficiente para atrair a atenção de 1,6 milhão de pessoas para o canal da Twitch da Epic Games, fora os milhares de expectadores dos principais streamers do game, e deixar o mundo inteiro apreensivo sobre o que estaria por vir.

O evento chegou ao fim e deu início não só a uma nova era com Fortnite Capítulo 2, com uma série de novidades e melhorias para os jogadores, mas também marcou por ter sido o sétimo grande acontecimento no jogo. Desde a Temporada 3 a Epic vem desenhando uma narrativa para o videogame, colocando os jogadores para participar, todos juntos, de algo que conta um pouco do que está acontecendo ali e também o que está por vir. Em poucos minutos, quem está conectado aos servidores do game se reúnem para viver e ter a mesma experiência, em momentos que marcam e que entram para a história de Fortnite.

Mas quais os melhores eventos de fim de temporada que já rolaram até aqui? O Canaltech listou e ordenou todos eles, do pior para o melhor. Descubra agora qual o mais legal de todos.

7. Nevasca (Temporada 7)

Você já chupou uma pedra de gelo? É sem graça e não tem gosto de nada. Assim foi o evento da Nevasca ao fim da Temporada 7 de Fortnite.

Naquela época, toda a Temporada 7 foi pautada por neve — o que fazia bastante sentido, visto que ela começou próxima das festividades de Natal. Além da parte sudoeste toda coberta por gelo, a temporada adicionou novas localidades como a Aldeia Alegre, Galpões Gelados e o Pico Polar e itens e skins relacionados às festividades de fim de ano. À medida que a temporada progrediu, uma esfera de gelo apareceu acima do Pico Polar e fez muitas pessoas se perguntarem que havia ali.

Ao término da Temporada 7, a esfera foi quebrada pelo Rei do Gelo, que escapou de dentro dela e criou um espectro gigante seu, causando uma nevasca que cobriu toda a ilha e espalhando zumbis por todo o mapa. Todo o evento durou apenas alguns segundos, e a nevasca atrapalhou a visão dos jogadores por apenas algumas semanas, dissipando-se logo em seguida ao lado dos zumbis, não causando nenhum impacto ao jogo em si.

6. Evento da Borboleta (Temporada 6)

Todo mundo achava que o Cubo Kevin tinha sumido depois dos acontecimentos que encerraram a Temporada 5, mas a verdade é que ele só ficou um tempo escondidinho debaixo do Lago do Saque para, ao fim da Temporada 6, ser novamente o centro das atenções de mais um evento.

No início da Temporada 6 o cubo emergiu do lago junto com uma ilha flutuante. Dessa forma, ele passeou por todo o mapa ao longo de toda a temporada, oferecendo loot aos jogadores que pousassem em sua ilha e uma forma de rotacionar rapidamente no mapa graças ao tornado que levava consigo. Depois de rodar toda a ilha, o cubo retornou ao Lago do Saque, começou a girar loucamente e causou uma explosão que levou os jogadores para uma dimensão misteriosa, toda branca e vazia. Ali surgiu uma borboleta que podia ser tocada pelos jogadores e causava uma outra explosão, levando todos de volta ao mapa, como se nada tivesse acontecido.

Apesar de também não trazer grandes consequências para jogabilidade de Fortnite, o Evento da Borboleta marcou por ter sido o primeiro acontecimento cinemático que realmente colocou absolutamente todos os jogadores para participar ativamente dele, não importando onde eles estavam ou o que estavam fazendo.

5. Evento do Cubo Kevin (Temporada 5)

O fim da Temporada 4 deixou para trás enormes rachaduras no céu do mapa de Fortnite, levando muitos jogadores a teorizarem o que aquilo significava. A curiosidade só aumentou quando as fendas sumiram e surgiu no Paraíso das Palmeiras um cubo roxo gigantesco, que foi apelidado carinhosamente pela comunidade como Kevin.

Tecnicamente, Kevin não fazia absolutamente nada e apenas existia ali, parado, intacto. Porém ele era feito de um material quicante, que mandava todos os jogadores que tocavam nele para bem longe. O que esse bicho estava fazendo no jogo, afinal? Bem, depois de algum tempo os jogadores perceberam que Kevin começou a se mover, dando uma virada a cada uma hora e 43 minutos. Ele percorreu todo o mapa, mas no meio do caminho os jogadores notaram que ele estava se dirigindo ao Lago do Saque e começaram a se perguntar o que aconteceria. Chegando lá, o Cubo Kevin simplesmente afundou sob a água do local, tingindo-a de roxo e a tornando, assim como ele, quicante.

Embora não tenha causado nenhuma grande consequência à história de Fortnite, o Evento do Cubo Kevin foi importante por ter mobilizado toda a comunidade em torno do mistério que ele representava. Inúmeras teorias foram formuladas diariamente e a cada movimentação do cubo, mais tensão se estabelecia. Ao fim, esse evento ainda deixou como herança uma localidade com jogabilidade alterada, palco de confrontos caóticos e divertidos.

4. Explosão do Vulcão (Temporada 8)

Muita gente não dá o devido crédito aos acontecimentos que encerraram a Temporada 8 de Fortnite, mas a verdade é que a Epic foi duplamente ousada aqui. Primeiro porque ela bolou não um, mas dois eventos paralelos. Segundo porque o segundo deles resultou na destruição de duas das mais icônicas localidades do mapa do jogo.

Em Fortnite, armas vêm e vão de acordo com o feedback da comunidade ou quando a Epic percebe que uma delas está muito apelona e merece passar por ajustes. Quando isso acontece, diz-se que as armas vão para o "cofre", permanecendo trancadas lá por um tempo ou para sempre — saudades Zapatron! Durante toda a Temporada 8, houve muitos pedidos para alguns itens e armas voltarem ao jogo, então a Epic decidiu deixar a decisão nas mãos dos jogadores. Por isso, os jogadores foram transportados para dentro do Cofre, onde tinham de atacar o pilar correspondente ao item que gostariam que voltasse ao game. Quem venceu foi a Metralhadora de Tambor, e os jogadores foram transportados de volta ao mapa.

Quando muitos achavam que tudo tinha acabado, o Vulcão entrou em erupção e acabou destruindo dois dos lugares mais populares e queridos pelos jogadores: Via do Varejo e Torres Tortas. Chegava ao fim a Temporada 8 com uma arma superpoderosa de volta e dois lugares totalmente destruídos, para o desespero dos cinzinhas e dos pro players.

3. Lançamento do Foguete (Temporada 4)

Tido como o primeiro grande evento de encerramento de temporada em Fortnite, pode-se dizer que o Lançamento do Foguete foi o primeiro capítulo do enredo do modo Battle Royale do jogo.

Ao longo de toda a Temporada 4 a Epic deu pistas aos jogadores do que poderia acontecer ao término da temporada, que teve como tema Heróis e Vilões. Enquanto os jogadores podiam escolher skins de super-heróis, o jogo introduziu um antagonista chamado Visitante, que estabeleceu um laboratório escondido sob as montanhas ao lado de Margens Esnobes.

Ali ele construiu um foguete para escapar da ilha, mas isso teve um efeito colateral que afetou todo o jogo e serviu de ponto de partida para todos os eventos subsequentes: o foguete causou uma fissura no espaço-tempo, deixando o céu da ilha marcado com fendas.

Claro, houve eventos mais espetaculares que esse, mas justamente por sua importância e pioneirismo, ele está aqui na terceira posição da nossa lista.

2. Confronto Final (Temporada 9)

Ao longo das temporadas a Epic foi se especializando em fazer dos eventos acontecimentos verdadeiramente cinematográficos. O ápice disso talvez tenha sido o Confronto Final, que aconteceu ao fim da Temporada 9.

Ao longo de toda a temporada, vimos o que antes era o Vulcão se transformar em uma espécie de base para construir um robô imenso, que ninguém sabia exatamente para o que serviria. Não até ouvirem um barulho estranho e assustador saindo debaixo do castelo no Pico Polar. Descobrimos ao longo da temporada que havia um monstro (batizado pela comunidade como Cattus) aprisionado sob aquela camada gigantesca de gelo, e ele acabou se libertando para tocar o terror na ilha.

Felizmente o robô, chamado de Doggus, ficou pronto a tempo para lutar e acabar com o bichão nas proximidades de Fontes Salgadas, num combate digno de um episódio de Power Rangers. Sem um braço e visivelmente baqueado, o herói da ilha partiu e deixou para trás o esqueleto de Cattus para os jogadores explorarem.

Tudo isso pôde ser acompanhado pelos jogadores do ângulo que quisessem, pois todos ganharam um propulsor a jato para ficarem onde quisessem enquanto a batalha, cheia de drama e reviravoltas, se desenrolou por cinco minutos.

1. Buraco Negro (Temporada 10)

E tudo isso nos trouxe até o evento do Buraco Negro, que não só marcou o fim da Temporada 10 como também foi o mais ousado de toda a história de Fortnite.

Ao longo de toda a temporada os jogadores acompanharam a construção de um novo foguete em Depósitos Empoeirados e o surgimento de grandes fendas que substituíam localidades inteiras por outras — foi assim que vimos o retorno de Via do Varejo e Bosque Gorduroso e as novas Cidade Torta e Gotham City. No domingo, 13 de outubro, o foguete, agora finalmente pronto, foi lançado em conjunto com uma série de outros foguetes.

Eles atingiram o meteoro que ficou suspenso sob Depósitos Empoeirados durante toda a temporada e acabaram mais uma fenda no espaço-tempo, desaparecendo e ressurgindo sobre o Lago do Saque. O impacto no local foi tamanho que todo o universo de Fortnite foi sugado, deixando os jogadores vendo apenas um buraco negro no meio da tela.

Embora não tenha sido tão cinematográfico quanto o Confronto Final nem tido tanto a participação dos jogadores como a votação no Cofre, esse evento deixou o mundo inteiro ansioso para saber o que aconteceria. Numa jogada incrível de marketing e publicidade, a Epic tirou Fortnite do ar por 40 horas, não dando absolutamente nenhuma pista de quando o bendito buraco desapareceria e quando as pessoas poderiam voltar a jogar.

Milhões de pessoas gastaram dezenas de horas assistindo o mais absoluto nada, apenas olhando para o buraco da Epic e elaborando infinitas teorias baseadas puramente no achismo. A manhã da terça-feira (15) não só trouxe de volta o game, mas também iniciou uma nova era com Fortnite Capítulo 2, um mapa completamente novo e novos recursos e mecânicas para deixar o game mais divertido e acessível para o público casual, mas sem esquecer dos jogadores competitivos.

Como sempre, listas sempre geram discussões e nunca são absolutas. Por isso deixo aqui a pergunta: e para você? Quais foram os melhores e piores eventos de encerramento de temporada em Fortnite? Monte o seu ranking e compartilhe com a gente aqui embaixo nos comentários!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.