Devil May Cry 5 tem uma cena censurada em versões ocidentais no PlayStation 4

Por Rafael Arbulu | 11 de Março de 2019 às 11h49

Como em quase todas as outras mídias por onde aparece, a nudez humana ainda causa aversão em algumas pessoas. Nos games, não há porque ser diferente, e a “vítima” mais recente disso é Devil May Cry 5, mais recente lançamento da Capcom para a franquia de hack-n’-slash iniciada em agosto de 2001. Estranhamente, porém, essa edição só pode ser encontrada em algumas edições ocidentais do PlayStation 4 — nada remotamente similar foi visto na versão para Xbox One.

Normalmente, este tipo de edição aparece em ports das versões japonesas de um jogo para o mercado ocidental. Na maioria dos casos, essas mudanças são removidas, mantidas ou ampliadas de acordo com a sensibilidade cultural do país a receber o jogo. No Japão, por exemplo, partes íntimas são comumente borradas ou quadriculadas devido à legislação local, que proíbe a exibição de nudez explícita. E no caso de Devil May Cry 5, a situação toda se dá por causa de um “cofrinho”.

Vale citar: a partir daqui, vamos mostrar um vídeo comparativo e descrever a cena, então tome cuidado com spoilers. Ah, e o vídeo também mostra partes femininas, então tenha cuidado com “onde” você o vê: ele pode ser “NSFW” para alguns.

Conforme rege o enredo de DMC 5, alguns inimigos mais poderosos conseguiram possuir certos personagens clássicos da franquia: no vídeo acima, vemos um chefão ser derrotado por Dante, o que acarreta a libertação de sua companheira Trish. Ela, ao livrar-se da possessão, encontra-se quase nua. Dante, então, pega a parceira no colo e, ao deitá-la no chão, a câmera mostra um ângulo claro do que a internet brasileira acostumou-se a chamar de “popotão”.

A cena descrita acima, nas versões censuradas, mostra um flash de lente, similar a quando a luz solar rebate no vidro em certos ângulos, justamente na área mencionada. Nas versões japonesas do PlayStation 4, porém, essa censura não existe — o mesmo pode ser dito em qualquer versão do Xbox One ou PC.

V, novo personagem introduzido em Devil May Cry 5 (Imagem: Jéssica Pinheiro)

Não há informações que remetam ao motivo que levou a Capcom a essa censura (se foi um pedido da Sony, por exemplo) e, ainda bem, não é uma cena que traga um impacto direto na experiência do jogador em si.

Já viu a análise de Devil May Cry 5 feita pelo Canaltech? O lançamento é uma releitura muito bem-sucedida da franquia nascida no PlayStation 2: “Quem for novato nesta aventura demoníaca aprenderá dentro de pouquíssimo tempo como a jogabilidade funciona e quem já tiver colocado as mãos em outros games da franquia vai se familiarizar ainda mais rapidamente. Tudo está lá, só que aprimorado: os combos frenéticos combinados com ataques a distância e até mesmo as transformações demoníacas”, diz o nosso review.

Fonte: VG247

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.