Com problemas no Wii U, Project Cars pode chegar só no novo console de Nintendo

Por Redação | 26 de Maio de 2015 às 12h15

Prometido como um dos maiores jogos para o Wii U, Project Cars pode ver sua largada atrasar bem mais do que o esperado e chegar somente no vindouro NX, o próximo console da Nintendo, que não tem data de lançamento e nem mesmo um nome confirmado.

Já disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One, o simulador de direção ainda sofre para ganhar sua versão para Wii U. Em uma publicação em seu fórum oficial, a desenvolvedora Slightly Mad Studios foi sincera ao descrever o quão problemático está sendo o processo de adaptação ao descrever que o game está rodando a míseros 23 quadros por segundo. Em outras palavras, isso significa que temos um game de corrida em câmera lenta.

De acordo com o texto, esse baixo desempenho não é fruto de uma maximização do visual do jogo, uma vez que ele está em apenas 720p ao contrário da resolução Full HD dos demais consoles. Diante desses problemas referentes ao baixo poder de processamento da plataforma, a produtora diz que, a não ser que eles reduzam a qualidade gráfica do título, a solução vai ser adiar o lançamento e liberar Project Cars apenas no vindouro NX — seja lá quando isso for acontecer.

E é óbvio que isso gerou bastante discussão entre os fãs, principalmente se lembrarmos que o jogo foi financiado coletivamente e muitos haviam acreditado na promessa de que ele também seria lançado para Wii U — mesmo que as promessas gráficas feitas pelo estúdio sempre tivessem soado impossíveis para a plataforma. Assim, quem apoiou o projeto e segue fiel à Nintendo, terá que esperar por mais alguns bons anos até que o próximo sistema chegue às lojas.

Por mais que a E3 esteja apenas a algumas semanas de acontecer, a Big N já deixou bem claro que só devemos começar a ouvir falar do próximo console a partir do ano que vem. Por enquanto, o NX segue apenas como aquela confirmação vaga feita pelo presidente Satoru Iwata como uma forma de garantir que a companhia não iria abandonar o segmento de videogames após confirmar sua entrada no mercado mobile.

Se ela não desistiu dos jogadores, resta saber até quando o inverso vai continuar verdadeiro.

Via: Slightly Mad Studios, TechRadar

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.