Beatstar é o novo Guitar Hero? Conheça o jogo de ritmo para celular

Beatstar é o novo Guitar Hero? Conheça o jogo de ritmo para celular

Por Guilherme Sommadossi | Editado por Bruna Penilhas | 17 de Setembro de 2021 às 16h56
Divulgação/Space Ape

Beatstar é um jogo de celular com uma proposta bem simples e divertida: tocar grandes sucessos da música internacional. Nas lojas de aplicativos há diversos games desse gênero, para que o jogador aperte os botões que descem na tela usando os dedos; todos muito inspirados pela aclamada e saudosa franquia Guitar Hero.

Há muitas músicas no catálogo de Beatstar que vão agradar os fãs de pop, rock, hip-hop e eletrônica. O setlist conta com nomes clássicos como Bon Jovi, Smashing Pumpkins, Rammstein, Soulja Boy, sucessos dos anos 2000 como Blink-182, Fall Out Boy, LMFAO, MGMT e artistas mais atuais como Lady Gaga, Doja Cat, Billie Eilish, The Weeknd, Sam Smith e tantos outros.

Como funciona

O jogador deve apertar os botões na ordem certa, para chegar ao fim da música. Clicar uma vez, segurar, apertar dois botões ao mesmo tempo e deslizar são alguns comandos que serão exigidos em cada canção. Porém, com tantas possibilidades, errar não é uma opção. Cada clique atrasado ou na casa errada faz com que você perca seu progresso todo e tenha que recomeçar.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Igual diversos games arcade, você pode ganhar uma chance extra gastando pontos do jogo. Em Beatstar, temos as gemas, que podem ser conquistadas avançando no jogo, recebidas em premiações diárias e ou compradas no sistema de microtransações, por valores entre R$ 4,90 (50 gemas) e R$ 549,90 (7.500 gemas). Com uma mecânica tão punitiva, o título instiga você a gastar os diamantes com frequência, para que não precise recomeçar a canção novamente.

Tela de quando você erra (Imagem: Captura de Tela/Guilherme Sommadossi/Canaltech)

A função mais clara do game é apertar os botões conforme o ritmo, mas o que ele segue? Diferente do Guitar Hero, que se baseava em riffs e acordes da guitarra, este jogo oscila entre acompanhar a voz do artista, batidas eletrônicas e linhas de baixo (os graves). Independente do gênero musical, o jogo irá oscilar entre cada som para manter o jogador atento e tentar fazê-lo errar.

Como desbloquear mais músicas

A própria progressão do jogo irá liberar mais e mais hits, de variados estilos musicais. Indo do nível 1 ao 11, novas canções, e com dificuldades mais elevadas, vão sendo desbloqueadas. Além disso, há as caixas temáticas, que podem ser compradas por 149 gemas ou resgatadas com as fichas conquistadas ao longo do gameplay.

(Imagem: Captura de Tela/Guilherme Sommadossi/Canaltech)

Porém, essas caixas recebidas são um presente de grego. Elas levam minutos ou horas para serem abertas e você só pode ter três por vez. Uma vez que você tem o máximo e está esperando uma abrir, o jogo não deixa jogar mais até que o tempo encerre. Elas podem ser abertas com as gemas, mas não é algo que vale tanto a pena.

(Imagem: Captura de Tela/Captura de Tela)

Dicas para avançar no jogo

Além dos pontos das músicas ajudarem na progressão, Beatstar também conta com um placar entre jogadores — caso você faça o login com o seu Facebook, poderá ver o placar dos seus amigos. Naturalmente, isso acrescenta um pouco de competitividade à experiência.

Para se dar bem no game, é importante seguir alguns passos. O primeiro deles é descobrir se você tem mais agilidade com os dedos polegares ou indicadores, e como eles encaixam no seu celular. Depois disso, veja se vale jogar segurando o aparelho com as duas mãos e apertando com os dedões ou apoiar o dispositivo na mesa e clicar com o "fura-bolo".

A segunda dica é começar com músicas que você goste e tenha mais afinidade. Isso irá ajudá-lo a se acostumar com o game e também motivá-lo a tirar o máximo de pontos de uma mesma canção.

(Imagem: Captura de Tela/Guilherme Sommadossi/Canaltech)

Treine bastante, mas varie as músicas. Ouvir a mesma batida repetidamente e errar os botões pode gerar uma frustração maior. Logo, praticar a mesma música duas vezes e depois trocar é uma forma mais tranquila de fazer isso

A quarta dica é de conter a emoção e não gastar tantas gemas para não perder o progresso — as músicas não estão disponíveis na íntegra, então não são tão longas assim. Com o avanço no jogo, as canções vão ficando mais difíceis e exigem mais ações, então reserve os itens para quando você estiver quase no final daquela eletrônica cheia de viradas e batidas.

Beatstar está disponível de graça na App Store para dispositivos iOS e na Google Play Store para Android.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.