Idosos japoneses usam exoesqueletos para continuar no mercado de trabalho

Por Claudio Yuge | 13 de Dezembro de 2019 às 17h25
innophys

Já faz um bom tempo que o conceito de exoesqueleto, acessório vestível que oferece articulação e força extra para o usuário, saiu da ficção científica para se tornar uma alternativa real e viável. A ferramenta é utilizada por soldados, montadores de automóveis e pessoas sofrem com paralisia. Agora, seu uso vem sendo ampliado pela comunidade de trabalhadores idosos no Japão, para ajudá-los a continuar no mercado, mesmo com os desgastes sofridos pela idade.

A Terra do Sol Nascente possui uma das populações mais velhas em todo o mundo. Segundo o Bureau de Referência de População dos Estados Unidos, o Japão tem a maior proporção de pessoas acima de 65 anos em comparação com qualquer outro país — 26%, de acordo com dados de 2015. Por isso, várias empresas nipônicas vem desenvolvendo tecnologia para reforçar as pernas e os braços da terceira idade.

(Imagem: Reprodução/New Science)

Uma das fabricantes é a Innophys, que desenvolveu um traje parecido com uma mochila, que possui apelo também para trabalhadores mais jovens. Para utilizá-lo, o usuário precisa encher os “músculos” por meio de uma bomba manual. O gadget permite que as pessoas possam levantar até 15 quilos com o mínimo esforço e custa US$ 1,3 mil.

"Um dos nossos clientes é uma empresa familiar que produz e vende rabanete em conserva e usa pesos pesados ​​no processo de produção", disse o porta-voz da empresa, Daigo Orihara. "O pai está na casa dos 70 anos e deveria se aposentar, mas ainda está trabalhando com o nosso traje".

Um outro exemplo é o popular modelo elétrico Atoun Model Y, da Panasonic, que pode adicionar 22 quilos de força de elevação, por US$ 5,5 mil. A gigante automotiva Toyota também adiantou que possui pesquisas avançadas no setor e deve ampliar sua atuação — especialmente porque isso deve contribuir bastante em suas próprias instalações.

Fonte: Futurism  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.