Publicidade

Sennheiser traz experiência com fone mais caro do mundo ao Brasil

Por| Editado por Wallace Moté | 20 de Fevereiro de 2023 às 08h00

Link copiado!

Reprodução/Sennheiser
Reprodução/Sennheiser

A Sennheiser, em parceria com a Pira, empresa especializada na construção e fortalecimento de comunidades digitais, está trazendo ao Brasil neste carnaval uma experiência especial para profissionais que envolve a experimentação de alguns dos dispositivos mais premium da marca, incluindo o HE 1 — fone tido como o melhor e mais caro do mundo. Estabelecida na Casa do Carnaval, em Salvador, essa experiência também prestará assistência e manutenção a equipamentos dos profissionais que visitarem o local.

Conforme explicam os idealizadores, a proposta nasceu pensando em aproveitar as festividades, que costumam concentrar um grande número de profissionais de áudio na capital baiana, com mais de 300 técnicos e engenheiros de som já tendo participado da ação. Diretor de criação da Pira, Kim Nery explica que as duas empresas entendem que o "carnaval de Salvador é uma das maiores concentrações de artistas do país em um curto período de tempo", e que as companhias estão "com um fluxo intenso na área de manutenção de equipamentos".

Continua após a publicidade

Ainda segundo Nery, "muitos músicos têm aproveitado a vinda dos técnicos da Sennheiser para pôr em dia a checagem e a manutenção”. Ambas também estão trabalhando com outras grupos especializadas em áudio, como MGA, CarboCase e AudioSystems - Allen & Heath para proporcionar showrooms para lives, workshops com profissionais renomados, além da própria assistência técnica.

O destaque da experiência está nos dispositivos ultrapremium que a Sennheiser trouxe para experimentação, sendo os fones Sennheiser HE 1 a maior atração. Além de serem os mais caros do mundo, feitos sob encomenda por US$ 65.000 (~R$ 335 mil), a solução também é considerada o melhor headphone do mundo. Com traseira aberta, formato preferido dos audiófilos por proporcionar um palco sonoro amplo, o dispositivo tem um amplificador de alta voltagem integrado e uma base em mármore de Carrara.

A ficha técnica impressiona: com drivers eletrostáticos, que usam uma película ultrafina para gerar o áudio, o HE 1 entrega uma resposta de frequência entre 8 Hz e 100 kHz — em comparação, fones "comuns" entregam uma faixa de 20 Hz a 20 kHz. Quanto mais ampla essa faixa é, mais frequências o dispositivo consegue reproduzir, tornando o áudio mais detalhado. Combinado ao amplificador, a promessa é entregar a menor distorção já medida em um aparelho de som. Segundo o anúncio, o modelo exposto em Salvador é o único da América Latina.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Outra experiência disponível aos visitantes é a de um sistema de caixas de som da Neumann, uma das marcas mais avançadas da Sennheiser, ajustada para profissionais e aprimorada com a tecnologia de áudio espacial Dolby Atmos.

Fonte: POPline