Edifier NeoBuds Pro será o primeiro fone TWS com certificação Hi-Res e ANC

Edifier NeoBuds Pro será o primeiro fone TWS com certificação Hi-Res e ANC

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 07 de Julho de 2021 às 11h20
Divulgação/Edifier

Marcas como Sony, Sennheiser e Bose são reconhecidas mundialmente pelos fones de alta qualidade que produzem, incluindo nos formatos TWS. As três gigantes lançaram recentemente novidades de peso, como o robusto Sony WF-1000XM4, que podem agora estar ameaçadas por um novo fone significativamente mais barato, mas com ficha técnica teoricamente superior.

Menor, mas ainda com certa fama, a Edifier completa 25 anos de existência em 2021 e, para comemorar a ocasião, a fabricante chinesa traz ao mercado em agosto o NeoBuds Pro, primeiro fone TWS a contar com certificação Hi-Res de som de alta qualidade. Com preço agressivo, o dispositivo promete ser uma opção mais atraente que rivais como o AirPods Pro e o Bose Sports Earbuds.

NeoBuds Pro garante ser primeiro TWS com certificação Hi-Res

A Edifier não divulgou detalhes sobre as dimensões dos drivers, mas garante que o NeoBuds Pro é o primeiro fone TWS do mercado a contar com certificação Hi-Res, que atesta que o dispositivo é capaz de reproduzir áudio de alta definição. Para isso, a empresa utilizou os drivers Balanced Armature da Knowles, que prometem entregar áudio de alta qualidade em um conjunto compacto.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A faixa de resposta de frequência também reforça isso — o NeoBuds Pro entrega som entre 20 Hz e 40 kHz, alcance até então obtido apenas por headphones. Fora isso, considerando que os codecs SBC e AAC não entregam bitrate alto o suficiente, a Edifier empregou o Low Latency High-Definition Audio Codec, ou LHDC.

A tecnologia suporta até 900 kbps, contra 345 kbps do SBC, sendo assim compatível com a reprodução de áudio com sampling rate de 96 kHz a 24-bit, configuração considerada de alta definição.

Fora a alta qualidade de áudio, o NeoBuds Pro também traz sistema de cancelamento ativo de ruído (ANC), que usa seis microfones para reduzir sons externos em até 42 dB, além de atuar durante ligações para tornar a voz do usuário mais limpa.

De acordo com a empresa, em bateria, o conjunto entrega até 5 horas de autonomia com mais 15 horas adicionais entregues pela case com o ANC ligado, e até 6 horas de uso e 18 horas adicionais do estojo com o recurso desativado. O acessório conta ainda com porta USB-C e suporta carregamento rápido, prometendo entregar 1 hora de ligações com 10 minutos de recarga.

Outros destaques incluem ainda ponteiras antibacterianas, modo de baixa latência de 80 ms para games, certificação IP54 de resistência à água e suor, Bluetooth 5.0, controle por gestos e app dedicado para configurações no Android e iOS.

Preço e disponibilidade

O Edifier NeoBuds Pro ainda se encontra em campanha de financiamento no Indiegogo, cujo prazo de encerramento está previsto para 7 de agosto. O envio também está planejado para o próximo mês, ainda que não haja uma data específica.

Segundo o material, o preço oficial do acessório será de US$ 129 (cerca de R$ 675, em conversão direta), mas quem adquirir a novidade durante o financiamento coletivo terá um desconto de 31%, pagando US$ 89 (algo em torno de R$ 467). Há ainda ofertas com duas, três ou quatro unidades do fone, que chegam a US$ 516 (R$ 2.680), ou US$ 309 (R$ 1.600) no período promocional.

Edifier NeoBuds Pro: ficha técnica

  • Resposta de frequência: de 20 Hz a 40 kHz
  • Autonomia (com ANC): Até 5 horas
  • Autonomia (sem ANC): Até 6 horas
  • Tempo adicional fornecido pela case: Até 15 horas (com ANC), até 18 horas (sem ANC)
  • Extras: ANC, modo de baixa latência (80 ms), ponteiras antibacterianas, certificação Hi-Res, carregamento rápido, certificação IP54, app de customização
  • Cores: preto
  • Codecs: SBC, AAC e LHDC
  • Versão do Bluetooth: 5.0

Fonte: TechRadar, Indiegogo, DigitalTrends

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.