Amazon anuncia novos Echo Buds com cancelamento de ruído atualizado

Por Diego Sousa | 15 de Abril de 2021 às 09h40
Divulgação/Amazon

A Amazon atualizou nesta quarta-feira (14) sua linha de fones de ouvido inteligentes com a segunda geração do Echo Buds. O lançamento chega com suporte à assistente virtual Alexa, opção com carregamento sem fio e tecnologia de cancelamento de ruído atualizada por a partir de US$ 120 (cerca de R$ 670 em conversão direta para a nossa moeda).

Os fones já estão disponíveis na pré-venda nos Estados Unidos por um valor reduzido e aqueles que adquirirem o modelo antes das vendas oficiais levarão para casa seis meses de Amazon Music Unlimited e Audible Plus de graça. Os envios começam apenas no mês de maio, segundo a empresa.

Principais características

Os novos Echo Buds mantêm basicamente o design da primeira geração, mas são 20% menores e, consequentemente, mais finos. Apesar da redução nas dimensões, os fones ainda trazem certificação IPX4 para proteção contra "respingos, suor ou chuva leve", ideal para prática de atividades físicas. Assim como os AirPods Pro e Galaxy Buds Pro, o Echo Buds tem borrachinhas para ajudar a isolar o ruído do ambiente.

(Imagem: Divulgação/Amazon)

Por falar em isolamento do ambiente, os novos abandonam a parceria com a Bose e apostam em um novo cancelamento de ruído ativo, que, segundo a própria Amazon, consegue cancelar barulhos externos duas vezes melhor em relação à primeira geração. A nova tecnologia utiliza os microfones, tanto interno quanto externo, para estimar a pressão do som em seu tímpano, correlacionando diretamente com a forma como se ouve o som ao redor. A partir daí, o sistema gera o inverso desse sinal e cancela os ruídos indesejados.

A Amazon também garante que o Echo Buds tem dois drivers de 5,7 mm em cada um dos fones, otimizados para maior fidelidade em graves e agudos, o que reduz a distorção durante a reprodução de músicas. Infelizmente, não foi informado a latência dos fones durante a jogatina, já que eles são totalmente sem fios.

Outro destaque do Echo Buds é a integração com a assistente virtual Alexa. Assim como a primeira geração, basta perguntar para a assistente reproduzir músicas, fazer chamadas e encontrar um Echo Buds perdido, tudo sem precisar usar o smartphone.

(Imagem: Divulgação/Amazon)

A case de carregamento também sofreu alterações muito bem-vindas: agora a peça se abre a partir da borda superior e traz uma opção com carregamento sem fio, que custa mais caro. Mesmo com as adições, a case ficou mais fina, apesar de alta em comparação com a presente na primeira geração.

Na parte da bateria, a Amazon diz que o Echo Buds suporta até cinco horas de reprodução com o cancelamento de ativo ligado. A case, por sua vez, garante mais duas cargas completas, com autonomia total de 15 horas. Além disso, apenas 15 minutos na tomada podem oferecer duas horas de reprodução de música. Como comentado acima, os fones serão vendidos em duas opções: a mais barata traz apenas a case com conector USB-C, enquanto a mais cara tem suporte para carregamento sem fio.

Obviamente, o modelo mais completo é mais caro: US$ 140 (R$ 780), sendo que o preço promocional é de US$ 120 (R$ 670). Já a versão mais básica será vendida por US$ 120 (R$ 670), com preço de pré-venda de US$ 100 (R$ 560). Os fones serão vendidos nas cores preto e branco.

Novos Echo Buds no Brasil

Ainda nesta quarta-feira (14), no dia do lançamento, os novos Echo Buds foram vistos na Anatel, o que pode significar uma possível venda do produto aqui no Brasil. Os fones seriam uma adição muito bem-vinda ao mercado nacional, que tem como principais nomes os AirPods Pro, da Apple, os Galaxy Buds Pro, da Samsung, e algumas opções de Huawei, Realme e Xiaomi.

Fonte: Amazon; Tecnoblog  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.